Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Miacis

Bitaite da Sexta #15

14046162_1360930773935345_5832190889296584662_n.jp

Eu gosto das festas de Viana. Podem chamar-me parolinha, tolinha, não-tem-nada-que-fazer, que não quero saber. Faz parte de mim, está me no sangue. É um marco do ano como as outras tantas festividades anuais: está se à espera que chegue Agosto para os motivos tradicionais Vianenses estarem em todo lado, o ouro sair à rua, o vermelho e o azul vibrarem pela cidade inteira, e as ruas estarem cheias de gente. Sabemos que para nós é o final do Verão, o inicio de um novo ano não civil: é aquela época em que começa a escola, começamos no trabalho a ter a rotina normal em que estão todos a trabalhar e não há falta de gente por causa de férias, os emigrantes vão se embora, os dias já estão curtos e começa ligeiramente a cheirar a outono, o laranja a aparecer nas árvores e as comidas quentes a fazer parte dos nossos desejos.

Este ano estou a ver que não vou a nenhuma festa.... Como sempre a organização das festas tem de complicar e esquece que a festa é feita pelos Vianenses, o resto do pessoal vem porque gosta mas quem vive aquilo, quem participa e se sacrifica, são os Vianenses. Mas, todos os anos na inscrição para o cortejo é a mesma coisa: até fotos temos de levar dos fatos, e no meu caso como é o fato de domingar azul, tenho que levar sempre algo à minha custa. Nunca fui muito a favor, porque o fato já fui eu que comprei, o ouro fui eu que comprei e tenho o trabalho de todos os anos manter as coisas direitas, de me arranjar como deve ser para o cortejo e estou horas a pés até o cortejo começar. Compro os bolos, ou levos flores porque não me custa muito. Mas este ano pelos vistos resolveram que devia levar peças de trajes de lavradeira. Sim, porque eu aqui em casa tropeço em peças de traje. Não sei o que fazer deles. Os acessórios /decoração do cortejo não é da responsabilidade da organização ? Aparentemente não.

Eu até podia dizer que sim e no dia chegar lá, fazer me de sonsa que enfiavam-me em algum lado. Como podia não me dar ao trabalho de esconder a tatuagem, ou de tirar o verniz das unhas, de não me maquilhar, porque como outras tantas, passava. Ou não, porque já vi muita hipocrisia como meninas não irem no cortejo pela mera hipotese de se ver uma pulseira, mas a mulher de x pessoa importante em Viana podia ir com baton até nos dentes na fileira da frente de um quadro porque não havia problema.

 

É isto meus senhores. Posso ir como não posso. Custa me dizer que não vou porque é dizer não a uma tradição mas a raiva é tanta que me dá vontade de mandar todos passear.

 

Bom fim de semana minha gente!

SInceramente,

Assinatura.png

 

4 comentários

Comentar post


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

CLUBE LEITURA COMPANHIA DA TINTA

Parceria


Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis