Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The Daily Miacis

Limpezas

Falta de tempo, falta de tempo... E preguiçite aguda Q.B. quando paro! Tudo isto resulta em não vir aqui regularmente.E porque até a única coisa que me passavam pela cabeça ou era falar de identificação de espécies animais ( nada porreiro pah!) ou então como analisar a sequência comportamental do gato ( mt seca, uma vez que no nosso trabalho não tivemos padrão xD ). Ou podia falar no mundo Marvel, e revistas BD mas isso é outro assunto para outro dia.Mas aqui estou eu hoje, porquê? Porque resolvi procurar umas coisas, e quando dou por mim estava a fazer uma limpeza aos meus cantos escuros do quarto cheios de lixo. E, é sempre nessas alturas que nos dão nostalgia. Eu já faço de proposito. Não, não sou porca, mas quando faço limpezas a fundo, nunca é totalmente a fundo, porque nunca faço todas as partes ao mesmo tempo, para de vez em quando, quando volto a limpar (re)vejo coisas que já nao via há muito tempo!E hoje passou isso, e coisas que nos poem envergonhados, outras que nos deixam contentes outras que nem sabemos como guardamos aquilo ![caption id="attachment_235" align="aligncenter" width="490"] O meu entretimento numa aula de Português, e como podem ver, na época de Natal[/caption][caption id="attachment_231" align="aligncenter" width="490"] Fotos tipo pass que tirei quando nasceu a minha prima Andreia, e quando estava no Ballet. Foi das ultimas vezes que vesti aqueles fatos.[/caption][caption id="attachment_236" align="aligncenter" width="490"] Um CD que me deram quando andava na fase do Fantasma da Òpera![/caption][caption id="attachment_233" align="aligncenter" width="490"] Este nem me lembro de onde é[/caption][caption id="attachment_234" align="aligncenter" width="490"] Este desenho foi o meu pai que o fez, bem como a história foi contada por ele. Foi quando eu queria na primária criar uma revista ambiental, e queria que tivesse uma parte de contos. Já naquela altura o meu lado biólogo me estava inerente[/caption]E depois encontrei este poema que por acaso é o unico que não me lembro quando escrevi nem porque mas parece uma música.ContinuamenteO mundo não me largaOu é eu que não o que largarA Lua não me falaE o Sol não me sorriO mar vai-me deixandoE eu fico por aquiSe corro demaisFico cansadaSe fico presaNão me sinto amadaPara onde me viroO mesmo problemaOnde eu me escondoO mesmo dilemaPercorro a minha vida continuamentePois o meu Mundo cabe nas minhasDuas mãosFado cegueiroQue não me menteAlma inquietaQue prefere o caosNada brilha no meu caminhoApenas a minha luzA sombra não fica comigoFico sempre a sós.A minha maior contradiçãoÉ apelar por um meio termoPoisA minha maior perfeiçãoÉ ser um extremo.E, depois de ver isto e muitas mais coisas que tenho por aqui, dá-me uma nostalgia....Até á próxima!

BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

CLUBE LEITURA COMPANHIA DA TINTA

Parceria


Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis