Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Miacis

O meu pulso manda em mim

 

21733500_1871197506242000_2005278440_o.jpg

Quem me segue o facebook, deve ter visto que em Julho eu partilhei que eu + holter parecia daqueles senhores a fazer aérobica nos anos 80, com um walkman. O resultado do holter veio, tinha  tudo normal excepto um pico às 8 da manhã, e um alerta na descrição do exame que tinha uma aritmia cardíaca. 

 

Hipocondriaca e pessimista como sou, refiz já a vida na minha cabeça. Como senão bastasse, quando fui levantar o exame na médica de família tinha um papel com o seguinte recado " Deixar medicamento x, passar a tomar y. Falar comigo". Instalou-se o pânico. Já me estava a ver velha com 50 anos, e a fazer contas à vida, para comprar whisky do bom a ver se fazia o coração aguentar mais uns anos. Como senão bastasse, a médica entrou de férias, quando chegou estava eu de férias, e quando cheguei, ela estava tão ocupada porque a outra médica de família estava de férias, e não consegui falar. Quando finalmente se deu o encontro entre médica e paciente, foi uma risota para mim e para ela deve ter sido um episódio de "mais uma paciente tolinha na minha posse". O que é que se passou? É que de facto eu tinha deixado um recado no exame a dizer o seguinte: o pico de batimento corresponde aos meus agachamentos matinais. Sim eu quis fazer o holter porque me recomendaram devido a taquicardia, mas como estava calor não ia correr com aquilo porque descolava num minuto com o suor. Então fiz agachamentos a ver se havia muita alteração cardíaca. A médica não viu o recado logo para ela era mesmo alteração cardíaca. Depois de explicado e ela olhar para mim como " louca", não houve alteração nenhuma de medicação e a aritmia afinal não é batimentos descompassados, mas batimentos nervosos (até o coração é nervoso vejam lá!).

 

Isto tudo para dizer o quê? Andando o meu namorado a namorar um smartwatch, acabamos por também namorar as bandas fit. Depois de ler quinhentas mil reviews de milhentos relógios, fazendo uma boa relação preço/qualidade/oferta de extras, encontramos o Xiaomi Miband 2. Eu queria um relógio fit porque queria que me medisse as calorias gastas e visse o batimento cardíaco. Queria ver se o meu coração que na altura podia estar a funcionar mal, estava a funcionar corretamente. De todas as ofertas que existem, só os mais carissimos é que apresentavam sensor para o batimento cardíado O Xiaomi MI Band 2 é dos poucos (nenhum atrevo me a dizer) relógios que com um preço baixo tem sensor para o batimento. Mas o relógio faz mais que isso, e a app ainda muito mais. 

 

  • Diz as horas : Ninguém diria que um relógio fit diz as horas. Não só diz as horas como, diz o dia em que estamos, o dia da semana,  também pode ser colocado um alarme.
  • Analisa o nosso sono: ao dormir com a banda, o relógio analisa se dormimos bem.  E dá pontos! Quanto mais cedo, quantas mais horas dormimos, e quanto mais sono profundo tivermos, mais pontos temos. E faz análise de como nos sentimos conforme as noite que tivemos (na app).
  • Conta os passos que damos: faz a contagem dos passos que damos. É tão simples quanto isso.... Ah! Podemos ter metas diárias. O recomendado é 8000 passos de acordo com a organização mundial da saúde.E é essa meta que tenho. E sabem o que é triste? É que realmente eu por dia não ando quase nada. Vida de office dá nisto. Tenho que ir dar as minhas caminhadas e mesmo assim muitas das vezes não atingo os 8000!
  • Conta as calorias: ok contas as calorias supostamente conforme as atividades que fizemos e os passos. Eu nesta parte não tenho muita confiança sou sincera.
  • Conta o batimento cardíaco: sim conta, e realizei que costumo ter o batimento cardíaco baixissimo. Ninguém diria isso de mim.
  • Avisa-nos para levantar a peida: quando estamos uma hora sem mexer ele diz que temos de nos mexer.
  • A app faz a magia: analisa o sono, dá para escolher atividades e analisa como foi a actividade (até diz conforme o batimento cardíaco o tipo de gasto calórico que tivemos), dá para ver o nosso historial, entre muitas mais coisas, quanto combustivel poupamos conforme o que andamos, quantas vezes fizemos streak ( ou seja fizemos a meta diária seguida), etc.

 

Como senão bastasse, ainda dá para comprar braceletes, e trocar conforme o oufit!

 

Têm na gearbest, e na nova atalho, caso estejam interessados. Eu fiquei rendida.

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 

8 comentários

Comentar post


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

CLUBE LEITURA COMPANHIA DA TINTA

Parceria


Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis