Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Inspiration || Álbuns de Fotos

Com a (des)organização que vai ter que levar a casa nos proximos meses, existe uma pequena parte que sempre foi adiantada, e adiantada, e adiantada, durante anos. E obvio, vai calhar à mesma a arrumar. Penso que é algo que também acontece com muitas familias: a gaveta das fotos. Problema é que na minha casa, é a gaveta das fotos, uma saca que tinha fotos que estava no meio de outra lembranças, eu tenho uma caixa com outras fotos que também já tem algumas fotos que vieram da gaveta, são albuns já com fotos soltas. 

Por isso, e para resolver esta problemátiica, ando a procurar ideias no local do costume, Pinterest. A verdade é que, a coisa ronda quase sempre o mesmo: ou caixas, ou caixas dentro de caixas, ou albuns mais ou menos decorados. O que muda é como identificamos. Como muitas das fotos antigas não tem data algumas delas, penso que vou marcar por, "Antes Sofia", "Depois Sofia", que acham? Eu fui um marco muito importante na familia, obvio que as fotos mudaram muito depois de mim, tem uma trunfa loira em quase todas as fotos, geralmente nua ou amuada nos primeiros anos de vida.

Fora isto, penso que vou tentar identificar por anos, em intervalos e vou colocar por caixinhas como as que tem na fotografia por paises. 

8fc8a63437a70427e9995ea0f476730a.jpg

 

59ee3c5558e1a206a95d276cd7054c39.jpg

 

fce0f4fea253e410f2e6b3aa682913b1.jpg

 

fd22c365c3cafab3944afbecf046eea0.jpg

 Sinceramente,

Assinatura.png

 

Inspiration // Bullet Journal

Ando viciada no blogue da Claúdia, A Mulher que Ama livros. Espero que ela não pense que seja muito stalker da minha parte mas quando se trata de livros eu estou lá. E vejam, geralmente o tipo de livros que ela fala nem são algo que me atrai muito como títulos, porque eu sou mais menina de livros de ficcção cientifica, fantasia, técnicos e de ecologia. Mas os clássicos e os romances históricos também fazem parte do meu leque de gostos. E hoje, enquanto estava a trabalhar a arrumar uns processos tinha os vídeos da Cláudia no youtube acerca dos resumos de 2016 e projetos para 2017 no fundo. Vi um vídeo em que falava da questão do TBR (to be read), que a lista do TBR ajudava no projeto dela de poupança, Nós, os amantes de livros temos um defeito sempre que entramos num local que tenham livros à venda, lá vai mais um livro. A Claúdia falava na questão das promoções, eu até nem costumo comprar em promoções porque nunca calhou de ter sempre livros que me chamassem, o meu problema é mesmo as edições. Eu mato-me por uma edição linda.

 

Uma vez que estou empenhada nesta minha empreitada em conseguir gerir melhor o meu dinheiro porque preciso para projetos futuros, pensei que realmente tenho que ter mais atenção porque ainda tenho muitos livros por ler em casa. Como tenho um bullet journal pensei que faria todo o sentido ter lá uma lista com os livros que tenho e ainda não os li, e não comprar mais nenhum livro (a não ser que seja uma edição unica como a do Harry Potter dos 20 anos que não vou resistir e vou comprar a versão de Gryfindor, ou da Agatha Christie porque eu este ano é que ia ser o ano ...). Assim há medida que vou lendo vou riscando. 

 

Eu já tinha falado neste técnica de organizaçao da agenda pessoal há uns anos, mas agora está muito na baila. Ok, eu não tenho paciência para estar a fazer desenhos em cada mês, mas fiz nas páginas bases para o inicio da agenda, como por exemplo no caso dos livros tenho uma estante desenhada onde  vou adicionando livros desenhados com o titulo dos livros que li. E embora não tenha paciência para desenhar e fazer coisas muito bonitinhas a verdade é que existe páginas que conseguem ser práticas e bastante bonitas à vista.  E a realidade é que o bullet journal  começou como uma forma de organização em que a própria pessoa é que criava as chaves de organização na agenda e criava os próprios painéis conforme as necessidades. Os desenhos são um plus.

Deixo aqui algumas sugestões, que a maior parte coloquei no meu.

 

1aca106764f790a84dff36af1edd5619.jpg

 

03a3463fb757b7adf1b87531258a8060.jpg

 

9e8b2ec7d97b28de233625a1e51cdc01.jpg

 

29fd3eef9516f7d72c4fb6827bb8a449.jpg

 

52b7991190dc96e752c30b6607404400.jpg

 

78f0e1e6778b51fda7656c1e5783e66f.jpg

 

3769c070456019c97e5cf465d65bc9c2.jpg

 

412233810eaf56bdcd44be6d660cd4fe.jpg

 

db4a81f98118d88f8b27ea25c696101f.jpg

 

db988240efdcfb71656886b67f5081d8.jpg

 

mapa.PNG

 

tbr.PNG

 Imagens: de Pinterest

 

Sinceramente,

Assinatura.png

Granola de frutos e Sementes sem glúten

Dos blogs que fui conhecendo desde que entrei no mundo dos blogs, e que segui sempre, tendo me inspirado já para várias receitas, foi o Creme de Avelãs. As receitas delas são saborosas, variadas, acessiveis sem nivel de dificuldade quase nenhum, e  tudo isto sendo saudáveis! Senão conheciam, que dúvido, aconselho-vos a seguir vivamente! Deixo-vos aqui o link para o diretório dela de receitas que é mais fácil de procurarmos e tem a legenda do tipo de receita (sem glute, sem lactose, whole30, etc)

Numa altura em que decidi reduzir ao glúten, não cortar porque não sou celíaca, mas tenho cuidado porque basta me ingerir algo mais pesado como um pão já fico mal disposta dos intestinos e não, não cortei porque é trend porque se fosse por ai estava a seguir o livro da Jessica Athayde ou o da Ella como se fosse uma biblia. Um dos meus principais problemas com que me deparei no inicio era os lanches e o pequeno almoço. Não fazem ideia, e penso que já referi, como o trigo é a base de quase tudo, principalmente de tudo que seja processado. Os lanches ainda podia ser só a fruta, embora me fartasse. Mas o pequeno almoço é das principais refeições e que devem ser tomados muito bem, eu não consigo sair de casa sem tomar pequeno almoço. Estava a ficar com alguma dificuldade em conseguir arranjar algo que gostasse, e a granola sem glúten fica muito caro o pacote. Até que decidi começar a fazer. Contudo não estava a encontrar uma receita ou que fosse fácil, ou barata. Até que deparei-me com a receita da Creme de Avelãs, que vá fez a tradução para uma coisa mais acessível na minha cabeça. 

IMG_1884.JPG

 A receita original está neste link. Eu não fiz a receita toda igual, não adiciono o pure de maçã nem coloco as 4 colheres de sopa de azeite, diminuo para metade. O que esta receita também tem de bom é que nos 100 gramas de frutos secos e nos 50g de sementes podemos colocar o que nos apetecer: queremos só chia? Vai chia. Temos um fundo de linhaça? Podemos aproveitar esse fundo.

 

Aqui deixo a minha receita que é quase igual à da Creme.

  • 300 gr de aveia (cheguei a comprar na ervanária sem glúten mas já aprendi que a diferença sem gluten é só porque são processadas em fábricas onde não há cereais com glúten, por isso compro aveia normal)
  • 100 gr frutos secos
  • 50 gr de sementes
  • 50 gr côco ralada
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 50 gr de azeite
  • 1 colher de sopa de essência de baunilhai (já usei a vagem não gostei muito)

- Misturar os secos (aveia+sementes+frutos secos+ côco).

- Adicionar o azeite

- Levar o mel ao microndas (não aquecer muito porque o mel não pode ferver....senã perde as suas qualidades principais!)

 - Juntar o mel mais a essência de baunilha, e mexer tudo.

- Colocar uma folha de papel vegetal num tabuleiro de forno e deitar a mistura bem espalhada ao todo.

- O tempo penso que dependerá do forno (já pareco a Filipa Gomes! ehehehe). No meu eu costumo colocar 30 minutos a 170ºC sem ventoinha. Mas aos 15 minutos mexo para não queimar só uma parte, e vou estando atenta a partir daí. 

- Deixa arrefecer e desfazer, deitando num frasco que conserve bem, ou seja hermetico.

 

Já tive uma experiência de deixar torrar demais e, digamos que não ficou muito saboroso. 

 

Para além disso já viram a caneca fofa que recebi no encontro de bloggers? É da Halma Designs! Que já falei aqui, e que tem sempre coisas maravilhosas! Já comprei uma agenda, tenho um caderno de escrever, e é sempre dificil escolher qual deles levar!

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Barras de cereais com mel sem glúten

IMG_1632.JPG

Com a minha mudança para uma alimentação sem glúten, uma das coisas que mais me custou foi os lanches por inacreditável que seja. Quase tudo tem trigo, e com este frio não é todos os dias que tenho vontade de só lanchar fruta. Então resolvi, fazer umas barras de cereais  sem glúten. Como tinha bastante sementes e frutos secos, resolvi misturar tudo e fazer. Correu muito bem na minha opinião, só há um problema que não consegui resolver: tê-las fora do frigorifico. Começam a "aquecer" e o mel derrete. Ou seja eu fi-las mas tenho as comido em casa. São a única que tenho este problema? Sei que existem várias receitas na internet. Todas mandam colocar no frigorifico e tirar depois, mas a verdade é que se tiro derretem. De qualquer forma partilho a receita, que não é bem uma receita, mas mais umas linhas guias, porque fiz, como se costuma dizer, a olho. Penso que depende dos gostos e do que têm para a aproveitar, que dá sempre jeito.

 

Ingredientes:

- Um mix de sementes da Seara

- 6 nozes (descaquei)

- 6 castanhas do maranhão

- 3 colheres de sopa de amêndoa ralada

- 3 colheres de sopa de côco ralado

- Meia chávena de mel

- 2 colheres de sopa de ágave

- 1 colher de chá de essência de baunilha

 

Misturei tudo  muito bem. Depois coloquei papel vegetal numa forma quadrada, e espalhei esta pasta de sementes, e fui amassando com uma colher para ficar direito. Polvilhei metade com côco ralado.

Depois de estar 15-20 minutos no forno desenfornei, cortei em rectângulos e deixei 1 hora no frigorifico. Após isso guardo-as no congelador, para conservação, retirando-as uma hora ou duas antes de comer.

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis