Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

O que tenho lido #1

19073805_1745894502105635_1781955221_n.jpg

 Como tinha referido, quando falei da minha última viagem a Madrid, aquilo era uma perdição de livros. Para quem é uma bookworm ver tantos livros sobre vários temas, de várias áreas, que em Portugal não é fácil de encontrar muitos nem em inglês, é ... tortura. Mas eu nunca gostei muito espanhol, embora que como muitos, eu perceba e fala Portanhol. Na primeira viagem não me atrevi a comprar livros. Contudo nesta última a coisa já não correu assim. Quando vi este livro, por 3,75€, Hellboy... pensei não tenho nada a perder. Li-o rápido e muito facilmente. Quando aparecem palavras que não consigo identificar, já tenho um dicionário no meu telemóvel que me trazuz de espanhol para português, mas tem fases que estou tão empolgada na leitura que tenho preguiça de pegar no dicionário. Como foi o dia do livro enquanto estava lá, recebi dois presentes dos meus amigos, e um deles em espanhol. Já comecei a ler esse e embora o nivel de linguagem já seja um pouco mais elevado relativamente a este tenho conseguido ler muito bem. 

 

Este livro, foi uma boa surpresa para mim. Sou uma fã do mundo do Hellboy: gosto da temática monstros, histórias ocultas populares, e mundos obscuros. E o Hellboy tem isso na medida certa. Já li vários comics, mas nunca tinha lido em formato romance, e adorei! Sou suspeita porque gosto e porque ainda para mais acontece no Egipto.

 

Hellboy tem que ir ao Egipto ter com uma amiga, que já foi um romance antigo, ajuda-la a resolver um mistério: ela arqueóloga foi chamada para investigar umas ruínas, um local onde já tinha um exército de milhares desaparecido do nada, e onde recentemente tinha desaparecido a equipa de uma Lady da aristrocacia inglesa, e a própria da Lady. Depois de descobrir qual foi o destino da Lady, e lidar com uma guerra iminente na Síria que levou a que aparecesse o exércitio Americano, Hellboy consegue aos poucos descobrir o que se vai passando naquele local. Mal sabia Hellboy que aquilo já era uma história que desenrolava há seculos, e que poucos se iram salvar. Personagens arrogantes aprenderam a ser humildes, devido à carga do mal que tiveram que passar. Depois de algumas peripécias que quase levaram a que Hellboy fosse usado como receptáclo para receber um deus do mal, ele consegue salvar mais uma vez o Mundo e continuar como sempre.

 

Como sempre gostei da mensagem sempre muito sublime porque Hellboy, sendo um ser que veio de outra dimensão e que não parece nada humano, consegue ser muito mais Humano que muita gente. Penso que é sempre uma boa mensagem: a arrogância é algo muito feio e a nossa vida é demarcada pelas nossas acções.

 

Se gostam de mística e folklore oculto, como monstros, aconselho a ler Hellboy, e este é um bom livro para começar.

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

 

 

O livro que marcou

Ontem publiquei a seguinte imagem no facebook, e uma amiga minha ( visitem The Victoria Dane) disse que devia escrever isto no blogue. Penso que dá uma discussão engraçada.

 

17021984_1903290273224564_575219164579199493_n.jpg

Fonte

 

Desde pequena que fui encorajada a ler. E ganhei-lhe o gosto. Tenho um pai que é um bookworm desde jovem, e que sempre me aconselhou certos livros. Tem uma biblioteca que um dia sonho ter do tamanho dele, e metade dos livros que lá estão. Foi dele que herdei e acabei a colecção do Astérix ( mas foi com o meu tio que herdei livros antigos do Tio Patinhas, mas que entretanto foram afogados, e entretanto eu já recuperei muita da colecção). Ele sempre foi grande conhecedor, embora e normal. à medida que vai crescenco vai criando novos gostos, autores que segue e o gosto fica mais maturo. Mas como qualquer filha, muitas das vezes não leio tudo o que me aconselha porque nem todos temos os mesmo gostos não é verdade?

Na opinião dele acha que os livros de fantasia e ficção cientifica que leio é para jovens adultos e que devia ler. Na verdade é que eu já li o Senhor dos Anéis duas vezes e acho que aquilo não é tão fácil quanto isso. E já li livros como do Saramago que ele não conseguiu ler, e já para não falar de outros. 

Discussões à parte a verdade é que é bom pai , e sabe dar bons conselhos.

 

Voltanto ao tópico deste post, comecei a olhar e a pensar no que já li. E cheguei à conclusão: não consigo dizer este livro marcou-me. E foi aí que a discussão desenvolveu-se porque para mim qualquer livro tem de especial e foi aí que a minha amiga disse e com razão, que todos os livros dependendo do contexto/altura que lemos têm sempre algo que nos interliga a essa altura. Por exemplo para o Senhor dos Aneis, a primeira vez que li foi numa altura má, e não tinha boas memórias. A segunda já li numa altura boa e sim, consegui tirar muito mais do livro do que esperaria. E coincidências, quando li o "Anjos e demónios" foi exatamente quando morreu o Papa João Paulo II, logo para mim o livro foi interessante porque o que se estava a passar na vida real, eu estava a acompanhar no livro todos aqueles rituais de voto. 

 

Mas e livro? Há livros que eu me lembro de pontos especiais, livros que agarrai e li de uma só vez. Mas se for a escolher um, seria o primeiro Harry Potter. Não é por eu ser fã, mas porque foi um livro que me deu a minha avó, que é raro me dar livros e que eu, miudita comecei a ler e só queria chegar da escola e ler. E li-o rapidissimo. Foi aquele livro que me fez agarrar histórias de fantasia, que me abriu o mundo para a imiginação. E que me fez interpretar a partir de um mundo imaginário sentimentos e emoções que existem no mundo real. E penso que é a tal  coisa como foi numa altura boa, é um livro que tem boas memórias.

 

E vocês, que livro vos mudo a vida?

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

 

 

"As Delicias da Ella"

1507-1.jpg

 Este livro é fantástico! Não sou grande adepta deste livro de receitas extremistas,alias quase nunca compro livros de receitas. Contudo como ando a evitar o gluten (não cortar por completo porque tenho sensibilidade e ou não sou completamente alérgica), queria ver ideias de receitas.  Tem como em todo lado coisas que nunca na minha vida comeria ou fazia, e tem coisas que  ainda estou com o pé atrás como usar tâmaras nalgumas receitas. Para mim aquilo tem imenso açucar. Contudo tem receitas fantásticas! 

 

Primeiro ela tem o livro dividido por capitulos. No primeiro capitulo ela explica porque é que teve que mudar a dieta: teve uma doença em que lhe foi diagnosticado viver mal com medicação crónica. E ela ao mudar a alimentação para uma alimentação saudável, conseguiu demonstrar o poder da cura que a alimentação tem. E mais, como ela também não sabia cozinhar e teve que aprender tudo do zero, não gosta de estar horas a cozinhar, e é gulosa, este livro à partida tem muita coisa que eu vou gostar. E subiu ainda mais na minha consideração quando ela, finalmente depois de eu ter pesquisado não sei quanto tempo na internet, explica a diferença da aveia sem glúten e com glúten: não é a aveia que tem o glúten, mas é o local onde é processada, que geralmente é em fábricas com outros cereais que têm glúten e por isso podem conter vestigios.

 

Tem receitas saborosas, com óptimo aspeto e fáceis de fazer. Não tem ingredientes muito dificeis de arranjar, no entanto e como ela diz, alguns necessários diariamente são caros como o óleo de coco para cozinhar. Mas as vezes fazendo as contas as coisas batem ela por ela. E há que estar atento às promoções que é o que ando a fazer. 

 

Quem já conhecia? 

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Uma paixão chamada livros // Pergunta 39

A Stoneart lançou a proposta, e aqui estou eu a participar. O desafio corresponde a 45 dias seguidos (dias úteis) onde cada dia, por volta das 15, vou responder a uma pergunta acerca de livros. Espero que gostem! 

Esta paixão por livros vais ser partilhadas nos seguintes blogs:M*The Daily MiacisMulaMiss FMarcianoAlexandraJPDrama QueenFatia MorCMNathyMJJustAna Rita Garcia M.TeaCarla B.Neurótika WebbNoqeCaracolMorena e asminhasquixotadas.. Dêem uma vista de olhos porque nunca sabem senão aparecerá um livro que vos interesse!

 

Pergunta do dia: 

  • Próximo livro a ler

10987.jpg

Tenho que ler a saga toda! :)

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis