Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Querido Pai Natal #5 - Melhor Amiga Procura-se

Querido Pai Natal (5).png

 Vamos começar esta rubrica natalícia com a "Melhor Amiga Procura-se". Esta rubrica tem como objetivo apelar à nossa sempre criança interior, fazer-nos recordar de velhos tempos, e tendo isso em conta pensar no futuro. Temos uma carta com um pedido especial!

 

"Carta ao Pai natal

Quando recebi o e-mail da Sofia com convite para fazer uma carta ao Pai Natal, achei a ideia super gira e inspirado. Era uma coisa que nunca tinha feito, comecei a escrever, a escrever e chegou a uma altura que tive que apagar metade do que tinha feito (devia estar mesmo

inspirada). Espero que gostem

 

Querido pai natal, este ano de passou foi especialmente difícil, pelo que venho pedir que o próximo ano seja mais simpático. Estou cansada, mas sei que pode parecer egoísmo da minha parte estar a pedir isto, quando existe tanta gente pior que eu, mas a mim ensinaram-me que “pedir não custa”, se recebemos ou se merecemos, isso é outra conversa.

Queria também pedir para que neste dia tão especial, todas as crianças do mundo pudessem estar com quem mais gostam (família ou não) e tivessem uma refeição quentinha à sua espera.

Em relação ao meu lado material e consumista, esse ficou lá para trás no tempo em que eu desesperava à espera da meia-noite, ao ponto de chorar de ansiedade. Cresci e virei mãe, pelo que as prendas para mim passaram para último plano, agora só quero prendas para a minha filha, por isso senhor Pai Natal, se faz favor mande uma prenda linda e maravilhosa para a minha princesa.

Mas o meu pedido mais especial, é que dês saúde a todas as pessoas que eu gosto, pode parecer um pedido cliché, mas é dos mais importantes, pois com saúde e trabalho, as coisas mal ou bem acabam sempre por andar para a frente.

Sei que até hoje nunca recebes-te nenhuma carta minha, peço desculpa, mas os meus pais nunca me falaram de ti. Tenho pena, se pudesse andar com o tempo para trás, tinha dito para me falarem de ti.

Sei também que recebes uma imensidão de cartas e a minha é apenas mais uma, mas sei que para ti todas são especiais e todas merecem atenção, por isso não te esqueças da minha princesaJ

Beijinho* muito grande nessa bochecha"

 

Vamos todos pensar com força para este pedidos se realizarem!

A proxima carta será a minha! :D

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Querido Pai Natal #4 - LifeIncBlog

Querido Pai Natal (4).png

A última carta desta semana é com a Marta do "LifeInc. Blog", que mostra o que é escrever hoje e escrever no passado. Esta rubrica tem como objetivo apelar à nossa sempre criança interior, fazer-nos recordar de velhos tempos, e tendo isso em conta pensar no futuro.


"Querido Pai Natal,

as últimas cartas que te tenho escrito têm sido em parceria com a pequena cá de casa.  E diga-se de passagem que são bem mais giras que as que eu te escrevia em criança porque já se sabe que hoje em dia há catálogos a torto e a direito, internet e essas coisas, que fazem com que tenhamos mais ferramentas ao nosso dispor. Portanto, é impossível enganares-te e em vez de trazeres o Palácio dos Pinypons trazeres apenas o cabeleireiro! Ou então a Nancy em vez da Barbie!

Lembro-me de em pequena te escrever mil e uma cartas e ir enfiá-las no marco do correio com o meu primo, até que um dia o carteiro muito zangado foi reclamar com a minha avó... claro que ficámos de castigo e como não recebeste as cartas, nesse Natal não recebemos tudo o que pedimos!  Mas era sempre mágico esperarmos pela tua chegada...

Para o ano peço, à laia de desejo, inspiração para continuar a escrever diariamente no meu blog, que já me acompanha há tantos anos e já é uma parte de mim. Espero também que seja um ano bom, para mim e para os meus!

Feliz Natal, hohoho!"

 

Bem ainda bem que nunca me aconteceu isso do carteiro mas eu era menos rebelde e só coloquei eu um ano a carta no correio! Eheheh

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Querido Pai Natal #3 - Chic'Ana

Querido Pai Natal (3).png

Continuando na saga das cartas, começamos a semana com a Ana do blogue "Chic'Ana", que nos traz uma carta muito ternurenta. Esta rubrica tem como objetivo apelar à nossa sempre criança interior, fazer-nos recordar de velhos tempos, e tendo isso em conta pensar no futuro. (podem ver as restantes aqui e aqui).

 

"Carta ao Pai Natal
 
Querido Pai Natal, sei que já não tenho idade para acreditar que existes, mas será que só podemos acreditar naquilo que é visivel? Será que não podemos deixar que este espirito de criança desca sobre nós e recuperemos valores como a sinceridade, a genuinidade, a alegria e a vontade de viver?
Eu recuperei o meu Eu de antigamente, e é o melhor conselho que eu posso dar: nunca deixem de acreditar na criança que existe em cada um de vós, e portanto… escrevo-te com 5 anos:
 
'Estou neste momento no comboio, é véspera de Natal e eu fecho os olhos repetidas vezes e penso para mim mesma “O Pai Natal vai surpreender-me e oferecer-me a casinha que eu tanto quero!”, escrevi-o inúmeras vezes em tantas cartas, mas é esta que vai resultar. Sei que a vida está complicada para os meus pais e tenho feito um esforço para os aliviar de preocupações. Olho para ambos e vejo o sacrificio que fazem diariamente para que nada me falte. Admiro-os e a verdade é que ficarei feliz com qualquer prenda que me calhe. O que eu gostava mesmo era de ter um irmão ou uma irmã para brincar, pode ser que venha um dia mais tarde. Será que cabe na botinha que deixei junto à chaminé? Também gostava de um dia ir à Eurodisney, eles têm-me prometido que irei, só tenho de ser paciente e eu assim serei. São estes os meus desejos: uma casinha de brincar, uma irmã e uma viagem à eurodisney, eu posso esperar, se não conseguires neste Natal, que seja no próximo ou no outro a seguir.
Estou agora aqui a imaginar que um dia terei um blog, mas o que é isso de um blog? Não faço ideia.. mas se é um sítio onde escrevo e dou um pouquinho de mim, o meu desejo é que consiga contribuir para que as pessoas sorriam, para que naquele instante esquecam um pouco as preocupações do dia a dia. Posso também criar amizades, afinal os amigos são dos bens mais preciosos que temos. Sim, Pai Natal, são estes os meus desejos…'
 
Como não acreditar no Pai Natal? Todos os meus desejos se tornaram realidade: 5 anos mais tarde nasceu a melhor irmã que algum dia poderia desejar. A casinha? Também a tive, embora tenha vindo 10 anos mais tarde e tenha sido um presente para a minha irmã, foi ótimo dividir com ela a alegria de brincar! A Eurodisney também acabou por chegar.. 14 anos mais tarde, mas.. não interessa o tempo que se espera, mas a intensidade com que se vive cada momento.
Sejam felizes neste Natal, vivam-no com todas as vossas forças!

Beijinhos"

 

E é assim que devemos festejar: como toda a nossa força e amor. 

E o vosso fim de semana que tal correu? O meu correu muito bem! Daqueles que ficam na memória!

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Querido Pai Natal #2 - De Repente já nos 40

Querido Pai Natal (2).png

 Acabamos a semana com mais uma carta. Hoje temos a Ana do blogue "De repente já nos 40!".Esta rubrica tem como objetivo apelar à nossa sempre criança interior, fazer-nos recordar de velhos tempos, e tendo isso em conta pensar no futuro. (podem ver a primeira aqui) 

 

"Caro Pai Natal,

a Sofia resolveu despertar a criança que vive dentro de mim e pediu para eu escrever-te novamente uma carta. 

(Ok, podes parar de rir, eu sei que a criança que vive dentro de mim sofre de hiperatividade e nunca pára quieta mas como esta carta vai ser lida por muitas pessoas vamos fingir que eu sou uma adulta normal).

E por falar em criança, até hoje não sei se recebias as cartas que eu te escrevia e que colocava na caixa de correio lá de casa. Aquilo não me fazia muito sentido mas os meus pais não me deixavam ir aos correios sózinha e diziam que bastava por ali.
Bem...eu tinha esperança que aquilo se teletransportasse por artes mágicas até ao Pólo-Norte (mas deves ter recebido porque só tenho boas recordações desta época).

Eu sempre fui demasiado crente, eu sei. Olha se entretanto a criança que vive dentro de mim resolver crescer diz-lhe para deixar de ser tão crente e ter muita atenção sobretudo ao coelhinho da Páscoa que pode ser ainda mais pérfido que o Lobo Mau.
Não ser tão crente, estar mais atenta e focada são os conselho que a grande eu daria à pequena eu. E  sobretudo estar sempre atenta aos sinais.

Sim, eu sei que na realidade no mundo, tudo está como deveria estar. Não há cá lamentos.

Bem adiante, confesso que sei que não existes mas a verdade é que acredito em ti e fico com vontade de me armar em Miss e dizer que aquilo que queria mesmo para este Natal era a paz no mundo e comida e água para todos.

Quanto a mim o que eu gostava mesmo era de ser iluminada e perceber o que é que ando aqui a fazer realmente. Vá lá. Mostra lá o meu caminho mas de preferência decorado com aquelas luzes de néon bastante florescentes porque como já deves ter percebido não sou muito boa a ler sinais (se calhar é porque sou mulher).

E claro...caso nada disto seja possível pode ser uma grande caixa de chocolates, fico feliz na mesma.

Obrigada pela atenção e votos de um bom Natal para ti, para a mãe Natal, para os duendes, para as Renas e não te esqueças de pedir auxilio ao Menino Jesus.

Beijinhos natalícios

Ana"

 

Identifiquei-me tanto com esta carta porque, eu também me questionava como raio ia lá parar as cartas, aliás a minha mae nunca colocava um selo e para chegar ao Polo Norte na minha cabeça tinha que ser um selo especial. Mas eu também tinha as minhas dúvidas acerca de como os presentes do batatinha chegavam a casa pela televisão, porque raios, eu pensava que não era possível não dava mas como é que nenhuma criança se descaiu e disse que não chegava nada!??? 

Espero que a Ana receba uma boa caixa de chocolates (e eu também!), e que tenham todos um bom fim de semana! ( Eu estarei na comic con!!!!)

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis