Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Bitaite da Sexta #29

d09eea95b1a2a3b704d221ed52a0f39a.jpg

 Domingo fechamos mais um capítulo nas nossas vidas. Viramos a última página de 2017 e não há mais voltar atrás.

 

O que foi feito, está feito. O que ficou por fazer, em 2017 vai ficar sempre por fazer.

 

Mas 2018 são 365 páginas (e mais umas linhas da página número 366), prontas a serem escritas. É só pegar na vontade férrea da nossa caneta de escrita, e escrevinhar as nossas histórias.

 

Eu não sou grande fã da festa do ano novo, nunca fui desde que me conheço como gente. Não há cá grandes farras, só mesmo a antecipação de um novo ano, com novas oportunidades e este ano, este ano vou aproveita las. Ou pelo menos tentar.

 

E vocês, prontos para 365 novas páginas?

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

Este ano eu...

Foi dos anos, desde que tenho o blog nas várias plataformas que já saltitei, que provavelmente publiquei mais posts seguidos.

Capturar.PNG

Fiz uma tatuagem com uma das frases de uma das minhas obras favoritas, com a qual me identifico em todo o meu ser.

 

tatoo.PNG

 Criei o meu clube de leitura, que logo depois do primeiro mês teve uma re-estruturação mas nunca pior. 

Companhia da tinta.png

Vicie-me no Booktube (obrigada A mulher que ama livros, Holly ReaderA Outra Mafalda, Lucy the Reader) e voltei a ganhar o gosto à leitura. Das melhores coisas que me aconteceu este ano. Que fez com que eu criasse objetivos meus para o próximo ano.

365 dias com poirot e marple.png

Perdi o Nero algo que não falei por aqui porque me custou muito, mas por outro lado ganhei uma porquinho da India que já trazia outro presente com ela.

Capturar.PNG

 Entrei numa depressão nervosa, mas comecei a sair dela. 

wedding (1).png

 - Tenho uma casa minha e assinei um contrato sem termo. 

- Muitos que eu pensava serem amigos, desiludiram-me, fizera me sentir parva e usada de tantas formas, mas cheguei a ponto que: não quero saber. Tenho pena que tenha acabado, mas quem perdeu foram eles, e a minha vida é minha. Só me enganam uma vez. 

- Voltei a velhos hábitos, como bodar, arraiolos, ler como já referi, crochet, e pintar. Até histórias já voltei a criar como quando era pequena, agora só me falta entrar mais nesse mundo. Quem sabe para o ano consigo riscar uns dos grandes sonhos que sempre tive. 

- Enre outros pequenos episódios pelo qual passei em 2017, como as viagens que fiz, o bullet journal, etc.

 

No inicio do ano comecei assim 2017:

"Este ano não tenho cá redeas que metas guiadas, nem convenções a cumprir, nem sonhos a criar.

 Este ano sou eu, é meu e de mais ninguém. Não me vou obrigar a nada que não queira, e vou me libertar. 

 Não tenho lista do que quero fazer, nem tenho novas resoluções porque a resolução nova só há uma: EU e mais nenhuma.

 Vou voltar a ser eu, independentemente de quem gosta ou não. Vou voltar a viver independentemente do que perdi e possa vir a perder. 

 Estou farta de viver no medo de ter sonhos, porque os poucos que tive não se cumpriram.

 Estou farta das amarras invisiveis e dificeis de quebrar do " o que é suposto". O que é suposto é sermos felizes, e nós, no nosso profundo cerne.

Ando cansada sim, mas quero estar cansada de ter vivido ao extase nem que tenha sido uma noite de séries seguidas e tenha vivivo aquilo com toda a minha alma. Este ano é o ano da minha alma, do meu corpo e do meu SER. 

 Este ano quero viajar, quero caminhar, quero ver a natureza e descobrir novos cantos, quero ler( oh  como eu quero muito mais), quero sorrir ( e rir e rir e rir), quero cantar, quero correr e parar de repente, deitar me no chão e sonhar. Quero tudo e mais alguma coisa. Senão tiver, quero me a mim. Porque é isso que me chega a mim. 

Vou fazer aquilo que ando sempre a adiantar: vou me organizar, vou fazer ginásio, vou tratar das minhas plantas como deve ser, vou desenhar mesmo que os meus desenhos parecam aquele arranjo feito pela senhora espanhola, vou fazer arraiolos, vou caminhar e identificar espécies, vou ver todas aqueles séries que atrasei anos e anos, passar mais uma noitada com os amigos porque são eles que me aguentam pelo fio..Este ano até quero criar um clube de livros! Nem que seja eu só a falar para os meus sofás, e o Chewie e o Nero. Mas separados, que juntos não me ouvem"

Penso que fiz grande parte da lista :) 

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

RESUMO DEZEMBRO

Alfabeto literário (3).png

Querido Dezembro,

 

Como quase todos os teus irmãos este ano, passas-te a voar.

Passou se tanto, desde jantares, viagens, re-encontros com vários amigos que já não via há muito tempo, muitas boas notícias, muitos planos para 2018, um filme Star Wars que criou polémica, muito presente e muita comida,  e voltar a velhos hábitos.

 

É um mês sem fim, e agora que estás quase a terminar, depois de uma jornada que começou no 1 de planos para o mês inteiro, acabamos em retrospecção, muito cansados, e com esperança de que no próximo ano, dizemos te adeus novamente mas muito felizes.

Dezembro, espero te ansiosamente no próximo ano.

 

METAS:

  • Comprar os móveis e decorar o escritório: passará para 2018 porque, pronto, não há espaço ainda porque a obra ainda não acabou...
  •  Preparar o bullet journal para o próximo ano: as primeiras páginas estão feitas. A que eu gosto mais é a das leituras para 2018. Tanto espaço vazio para ser preenchido, e tantos planos para fazer.
  • Planear as metas do próximo ano (não esquecer a máxima menos é mais): estou a prencher esta meta no momento em que falamos.
  •  Acabar o bordado para decorar o escritório: não houve tempo. Não houve mesmo tempo para pegar em bordados este mês.
  • Re-começar o ginásio (sem medo Sofia): sim! O tempo não foi muito, mas sempre que pude estava lá. O medo desapareceu logo nas primeiras vezes. Nunca me senti mais orgulhosa de mim do que nestes dias.
  • Marcar as férias para o próximo ano: destinos escolhidos só falta marcar datas.
  • Acabar o projeto Christmas in Books 2017: li mais do que tencionava para este projeto. Estou a ficar viciada em maratonas literárias.
  • Fazer um resumo de 2017: in the making!

A MANIA DAS MANIAS EM DEZEMBRO: já é dia 24? já é dia 24?

 

AQUELA MÚSICA SEM PARAR NO YOUTUBE:   Arcade Fire - Everything Now

 

O QUE ESQUECIA DE DEZEMBRO:  o susto que apanhei de madrugada com os gatos a quererem fugir e o fumo na marquise.

 

O QUE MAIS ME EMPOLGA EM JANEIRO: a expectativa de 365 páginas novas e novos planos que quero fazer.

 

Sinceramente,

 

20099812_ua1Qu.png

 

RESUMO NOVEMBRO

Alfabeto literário (1).png

 

Novembro,

Foste um novembro nublado: tanto foi acontecendo mas nada de muito especial. O tempo passou rápido mas ainda assim olho para trás parece que foi há tanto.

Tinha tantos planos para ti, que acabaram por não se realizar no que pretendia. Alguns trouxeram me tristeza, outros trouxeram me mais ideias.

Inspiraste-me já com projetos para o ano e quem sabe para o ano saio vitoriosa ou pelo menos começo as ideias que tenho. Para já, passarei 365 dias com o Poirot e a Marple.

Foste agridoce no final, muito agridoce. Mas também trouxeste muitas noticias boas, dos amigos que não estando aqui perto, estão dentro de mim. 

 

Contigo veio o frio, aquele que faz o nariz ficar gelado. E também o espirito de Natal veio mais cedo.

 

Até o ano, e que venhas mais bem disposto.

 

METAS:

  • Ler para o projeto "Ler os nossos " da Cláudia, e para o Christmas in Books 2017, projeto da SaraTita, e IsauraLi! " Seres Mágicos em Portugal" e o "Ressurgir dos Titãs" foram os que contaram para os dois projetos, mais o "Astérix e a Transiatlântica". Queria ter acabado " A ilustre casa do Sr Ramirez" para o Clube dos Clássicos Vivos, que contaria para o #lerosnossos mas não consegui, que entretanto li também "Alice no País das Maravilhas" para o meu clube Companhia da Tinta, que também contou para o Christmas in the books.
  • Delinear o projeto que tenho de bordar para decorar o escritório lá em cima: tristemente não fiz este. Tenho algumas ideias mas não escrevinhei a sério.
  • Voltar a introduzir corrida no meu dia a dia: outro ponto que falhei. Não corri mas o ginásio vai pegar a sério no próximo mês. Penso que mais para a frente explicarei vos o porquê desta pausa.
  • Arranjar um melhor caderno para o bullet journal: exatamente 3 em promoção no Ikea. Gosto deles :)
  • Planear presentes de Natal: planeados, comprados e só falta embrulhar. A minha ideia dos livros facilitou muito.
  • Planear pequenas viagens: estão algumas ideias que ainda não foram colocadas em acção.
  • Comprar móveis e decoração para o escritório: conta uma mesa que comprei no Ikea no Black Friday? Foi a unica compra por impulso que vi e pensei tenho que ter (porque já queria e estava quase a metade do preço).
  • Delinear projeto leitura do proximo ano.: sim! Já viram que vamos passar 365 dias com Poirot e Marple?

A MANIA DAS MANIAS EM NOVEMBRO: decorações de Natal

 

AQUELA MÚSICA SEM PARAR NO YOUTUBE: este mês NENHUMA! 

 

O QUE ESQUECIA DE OUTUBRO: querer atingir um ponto e não conseguir. Mas eu hei de chegar lá!

 

O QUE MAIS ME EMPOLGA EM DEZEMBRO: não é dificil? NATAL! Boa comida com muita paz e férias que vem logo de seguida que serão cheias de... arrumar.

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

CLUBE LEITURA COMPANHIA DA TINTA


Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis