Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Granola de frutos e Sementes sem glúten

Dos blogs que fui conhecendo desde que entrei no mundo dos blogs, e que segui sempre, tendo me inspirado já para várias receitas, foi o Creme de Avelãs. As receitas delas são saborosas, variadas, acessiveis sem nivel de dificuldade quase nenhum, e  tudo isto sendo saudáveis! Senão conheciam, que dúvido, aconselho-vos a seguir vivamente! Deixo-vos aqui o link para o diretório dela de receitas que é mais fácil de procurarmos e tem a legenda do tipo de receita (sem glute, sem lactose, whole30, etc)

Numa altura em que decidi reduzir ao glúten, não cortar porque não sou celíaca, mas tenho cuidado porque basta me ingerir algo mais pesado como um pão já fico mal disposta dos intestinos e não, não cortei porque é trend porque se fosse por ai estava a seguir o livro da Jessica Athayde ou o da Ella como se fosse uma biblia. Um dos meus principais problemas com que me deparei no inicio era os lanches e o pequeno almoço. Não fazem ideia, e penso que já referi, como o trigo é a base de quase tudo, principalmente de tudo que seja processado. Os lanches ainda podia ser só a fruta, embora me fartasse. Mas o pequeno almoço é das principais refeições e que devem ser tomados muito bem, eu não consigo sair de casa sem tomar pequeno almoço. Estava a ficar com alguma dificuldade em conseguir arranjar algo que gostasse, e a granola sem glúten fica muito caro o pacote. Até que decidi começar a fazer. Contudo não estava a encontrar uma receita ou que fosse fácil, ou barata. Até que deparei-me com a receita da Creme de Avelãs, que vá fez a tradução para uma coisa mais acessível na minha cabeça. 

IMG_1884.JPG

 A receita original está neste link. Eu não fiz a receita toda igual, não adiciono o pure de maçã nem coloco as 4 colheres de sopa de azeite, diminuo para metade. O que esta receita também tem de bom é que nos 100 gramas de frutos secos e nos 50g de sementes podemos colocar o que nos apetecer: queremos só chia? Vai chia. Temos um fundo de linhaça? Podemos aproveitar esse fundo.

 

Aqui deixo a minha receita que é quase igual à da Creme.

  • 300 gr de aveia (cheguei a comprar na ervanária sem glúten mas já aprendi que a diferença sem gluten é só porque são processadas em fábricas onde não há cereais com glúten, por isso compro aveia normal)
  • 100 gr frutos secos
  • 50 gr de sementes
  • 50 gr côco ralada
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 50 gr de azeite
  • 1 colher de sopa de essência de baunilhai (já usei a vagem não gostei muito)

- Misturar os secos (aveia+sementes+frutos secos+ côco).

- Adicionar o azeite

- Levar o mel ao microndas (não aquecer muito porque o mel não pode ferver....senã perde as suas qualidades principais!)

 - Juntar o mel mais a essência de baunilha, e mexer tudo.

- Colocar uma folha de papel vegetal num tabuleiro de forno e deitar a mistura bem espalhada ao todo.

- O tempo penso que dependerá do forno (já pareco a Filipa Gomes! ehehehe). No meu eu costumo colocar 30 minutos a 170ºC sem ventoinha. Mas aos 15 minutos mexo para não queimar só uma parte, e vou estando atenta a partir daí. 

- Deixa arrefecer e desfazer, deitando num frasco que conserve bem, ou seja hermetico.

 

Já tive uma experiência de deixar torrar demais e, digamos que não ficou muito saboroso. 

 

Para além disso já viram a caneca fofa que recebi no encontro de bloggers? É da Halma Designs! Que já falei aqui, e que tem sempre coisas maravilhosas! Já comprei uma agenda, tenho um caderno de escrever, e é sempre dificil escolher qual deles levar!

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

"As Delicias da Ella"

1507-1.jpg

 Este livro é fantástico! Não sou grande adepta deste livro de receitas extremistas,alias quase nunca compro livros de receitas. Contudo como ando a evitar o gluten (não cortar por completo porque tenho sensibilidade e ou não sou completamente alérgica), queria ver ideias de receitas.  Tem como em todo lado coisas que nunca na minha vida comeria ou fazia, e tem coisas que  ainda estou com o pé atrás como usar tâmaras nalgumas receitas. Para mim aquilo tem imenso açucar. Contudo tem receitas fantásticas! 

 

Primeiro ela tem o livro dividido por capitulos. No primeiro capitulo ela explica porque é que teve que mudar a dieta: teve uma doença em que lhe foi diagnosticado viver mal com medicação crónica. E ela ao mudar a alimentação para uma alimentação saudável, conseguiu demonstrar o poder da cura que a alimentação tem. E mais, como ela também não sabia cozinhar e teve que aprender tudo do zero, não gosta de estar horas a cozinhar, e é gulosa, este livro à partida tem muita coisa que eu vou gostar. E subiu ainda mais na minha consideração quando ela, finalmente depois de eu ter pesquisado não sei quanto tempo na internet, explica a diferença da aveia sem glúten e com glúten: não é a aveia que tem o glúten, mas é o local onde é processada, que geralmente é em fábricas com outros cereais que têm glúten e por isso podem conter vestigios.

 

Tem receitas saborosas, com óptimo aspeto e fáceis de fazer. Não tem ingredientes muito dificeis de arranjar, no entanto e como ela diz, alguns necessários diariamente são caros como o óleo de coco para cozinhar. Mas as vezes fazendo as contas as coisas batem ela por ela. E há que estar atento às promoções que é o que ando a fazer. 

 

Quem já conhecia? 

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Bolachas de manteiga de amendoim e chocolate lascado

IMG_1622.JPG

Ao introduzir a dieta sem glúten e depois de um fim de semana com gastro, tive desejos e fome. E andei à procura de receitas de bolachas, sem glúten, com pepitas de chocolate (as minhas favoritas). Eu adoro bolachas feitas em casa, sabem tão bem. O sabor não tem nada a haver com as compradas. Aliás adoro todo o processo de fazer as bolachas: juntar os ingredientes, fazer as bolinhas, colocar no forno e esperar que estejam prontas, à medida que o cheiro das bolachas invadem a cozinha.

 

Encontrei uma receita com manteiga de amendoim para substituir a farinha, e eu como tinha bastante manteiga foi uma forma de a gastar. No entanto não tinha pepitas de chocolate, mas ainda bem. Já não era a primeira vez que fazia bolachas de pepitas sem pepitas: basta-me ter uma tabelete de chocolate. Sim, fica bem mais saboroso! Ao cortar aos triângulos temos as lascas pequenas que derretem no meio da massa, e os triângulos maiores que não se desfazem mas ficam bastante moles, e dão bastante sabor à massa no seu redor. Na receita original, usavam mais pepitas de chocolate, eu cortei à quantidade pois penso que uma chávena é o suficiente, e usei açucar amarelo porque  é mais saudável. 

 

Espero que gostem!

 

Ingredientes: 

 

- 1 chávena de chocolate lascado

- 1 chávena de açucar amarelo

- 1 chávena manteiga de amendoim

- 2 ovos

 

Instruções: 

 

1 - Cortar a tabelete de chocolate em pequenos triângulos, até perfazer uma chávena.
2 - Misturar todos os ingredientes e misturar à mão.
3 - Fazer pequenos bolas e colocar no tabuleiro do forno, já protegido por uma folha de papel vegetal.
4 - Colocar no forno pré-aquecido a 180ºC, e deixar 10 minutos, ou até ficar louras.
5 - Deixar arrefecer num prato, e comer! 

 

IMG_1628.JPG

 

Sinceramente,

Assinatura.png

Christmas Inspiration // Comida, da boa

O Natal, é composto por várias refeições, sim várias, porque o Natal é no 24 e 25, mas ao longo do mês de Dezembro existem vários jantar das várias categorias que a nossa vida é composta: trabalho, amigos pessoais, ginásio, etc. E por isso, a comida é um dos elementos que durante todo o ano estamos de cara com ela, mas neste mês em especial é dificil escapar às coisas boas. Então, como boa pessoa, ainda deixo aqui mais sugestões de comidas que podem fazer para jantares ou mesmo para a ceia! Eu todos os anos gosto sempre de procurar por uma receita ou outra para experimentar, de entrada ou de sobremesa, mas só experimento uma por dia porque como diz a minha avó " Receitas novas nunca é nos dias importantes".È que por vezes as coisas não saiem como nós esperamos não é certo? Tenho receitas saudáveis, vegan e não saudáveis, e nada por acaso não tenho nada do tipico português. Por acaso falho aí, mas penso que do português maior parte de nos todos conhecemos e por isso deixo algo novo para explorar. Obvio, que Natal numa casa portuguesa sem rabanada ou sem arroz doce com canela a desenhar um pinheiro, é rarissimo. Aqui ficam algumas sugestões, das imensas que existem no pinterest (sigam aqui o meu perfil). Algumas imagens tem link (é só carregar na imagem), outra a imagem por si mostra a sugestão. 

 

38abbd7ff863f51ee54f8cb363a7d88a.jpg

 

Baileys-Chocolate-Mousse-4b.jpg

 

Cauliflower-Soup.jpg

 

Christmas-Tree-Meringues2.jpg

 

Cinnamon_Sugar_Pecans15.jpg

 

enhanced-buzz-5535-1354224849-1.jpg

 

f2ce86d7ee310ce11451b701ca273f6f.jpg

 

IMG_1791-1-480x320.jpg

 

IMG_3835_edit.jpg

 

Kiwi Fruit Christmas Tree 1.jpg

 

mulled-wine.jpg

 

Overnight-Cinnamon-Rolls-With-Cream-Cheese-Frostin

 Espero que tenham gostado das sugestões! E vocês que vão comer pelo Natal?

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

 

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

CLUBE LEITURA COMPANHIA DA TINTA

Parceria


Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis