Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Odonata - Embroidered Dreams

Quem me segue no facebook já sabe deste projeto. Eu já tinha referido antes que iria talvez lançar uma linha de "jóias" criadas por mim, aquando do sorteio, e resolvi finalmente abrir uma loja Etsy, com os meus pendentes bordados. Pensava abrir mais cedo, em Agosto, mas como se diz "mais vale tarde que nunca". Ainda vai no ínicio, abri ontem, e tem poucos colares mas espero em pouco tempo aumentar à quantidade de pendentes, e aumentar as vendas também.

2A loja chama-se Odonata.  e o mote é "Embroidered Dreams". O título vem de uma junção de várias coisas e significados: primeiro o meu lado como bióloga e adorada de insectos, sendo um deles libélulas. São animais tão frágeis e resilientes ao mesmo tempo, belos e robustos. Um pouco como as minhas peças, na minha opinião. E depois "Embroidered Dreams" vem um pouco da minha ideia de através do meu gosto por bijuteria e trabalhos manuais, juntar o meu gosto pela natureza e assim desenhar "sonhos" meus, do que os meus olhos vêm quando olho lá para fora. Podem ver a página no facebook aqui, e a loja aqui.

il_570xN.836361070_2sic

Esta é uma das razões porque tenho andado mais calada por aqui, é porque tenho andado com tanta coisa na cabeça que tinha de organizar e começar por algum lado. E a loja foi uma das saídas. Espero que gostem, que partilhem e que, se for do vosso gosto, comprem. Eu tenho muito carinho ao faze-los, dá me prazer, e estou sempre com novas ideias, sempre a procurar, a inventar. Começo a ficar frustrada quando as tentativas não ficam bem mas continuo até dar. Senão der, também é porque não era boa ideia,certo?

Sinceramente,

Sofia G.

Trajes de Viana do Castelo: Viana é Amor

Viana é amor, e a Romaria é a melhor forma de celebração da cidade. Como a nossa vereadora da cultura, disse muito bem na entrevista à RTP, toda a comunidade participa, de uma forma ou de outra, nem que seja para criar caos. Mas neste mês, a cidade não é a mesma. As mulheres gostam de ostentar o ouro, e a sua beleza natural. O sorriso está nas nossas caras, e o dourado e vermelho e azul, comanda a vida. As ruas estão coloridas com as cores da cidade, com lenços e chinelas. O céu está colorido com os foguetes. No ar paira sempre a qualquer momento a voz da Amália a cantar "Havemos de ir a Viana". E há sempre alguém a dançar o vira. A cidade é festa, a cidade é amor.

IMG_1016

Depois de ter falado dos trajes (aqui e aqui), vê-se que todos gostam da tradição e gostam de a manter viva. Está no nosso sangue, e de geração em geração, vai se mantendo, com novas introdução e novas repescagens.  Com o post dos trajes, parece que é muito que ter em conta e muito que ter cuidado. Primeiro, sim para uma pessoa estar bem trajada, como manda a tradição tem que se respeitar várias regras. Mas isso não há nada como pesquisar e tentar saber. Mas no fundo... o que interessa no fundo de tudo é: viver a festa, e viver a romaria. E é por isso que Agosto é o mês de ouro em Viana do Castelo. Todos somos Viana, todos somos amor!

Deixo aqui algumas fotos do que se vai passando, e abrir o apetite para quem quiser passar por cá!

IMG_1161 IMG_1084 IMG_0765 IMG_1126 IMG_0480 IMG_1168 IMG_1121 IMG_0716 IMG_0780 IMG_0506 IMG_1028 IMG_0393 260471_495420757153022_1121090172_n IMG_2949 IMG_0992 IMG_2950 IMG_0309 IMG_0260 IMG_0994 IMG_0114 DSC_0237 IMG_0148 IMG_0843 IMG_0199 DSC_0246 IMG_0849 DSC_0536 IMG_0157 IMG_1005 IMG_1002 Para a semana vem outra sessão de fotos mas já deste ano! :D E não vos chateio mais com isto.. até ao ano! :PSinceramente,Sofia G.Imagens: da minha autoria, excepto as imagens marcadas, por isso caso queiram alguma imagem por favor, peçam antes, respeitando assim os direitos de autor.

Trajes de Viana do Castelo: Trajes de Festa

No seguimento do post de ontem, hoje vou falar dos trajes de festa, os trajes ricos por excelência. São os mais trabalhados, os que levam mais ouro, e nalguns os mais coloridos. Estes trajes são os trajes que entram no cortejo da Mordomia, o cortejo mais bonito na minha opinião, e que só entram os trajes de festa. Se vierem às festas de Viana do Castelo, não percam o cortejo da Mordomia, porque é.. de cortar a respiração em vários sentidos.

403027_376507822377650_839815802_n

Coração feito no final da Mordomia em 2009, só com trajes de festa; eu devo estar algures no topo do lado direito

TRAJES DE FESTA

Os trajes de festa são de uma forma geral 5: o traje de lavradeira, o de dó, o de mordoma, o de noiva e o de meia senhora/morgada. São os trajes em que as moças de Viana envergavam nas marcantes da sua vida: festas de caracter religioso ou doutro caracter, o casamento, por razões sociais, ou por razões menos festivas mas ainda assim marcantes como o caso do luto.

O traje de lavradeira é um traje que alegra qualquer um só de ver. A riqueza de cor acompanhada pelo bordado que enriquece o fato de pormenor e de beleza, torna este traje talvez dos mais usados na minha opinião e do mais conhecido também. O traje de lavradeira, cuja diferenças regionais levaram a diferenças na cor predominante (vermelho, azul, verde) e ao tipo de bordado, era um traje usado para as festas,  com uma saia rodada até ao tornozelo, que dá um efeito lindíssimo ao dançar o vira! O traje é composto por uma camisa bordada,  nos ombros, nos punhos, e no peito; por um colete de atilho, também bordado nas costas e em toda a barra preta do colete; por uma saia com linhas verticais mas cuja cor de fundo será a da cor do colete e do lenço, e com forro preto no fundo que poderá ser ou não bordado consoante a zona de Viana do Castelo originária; por um avental trabalhado e bordado no franzido da parte superior; e por uma algibeira do lado direito também ela bordada. Para além destas peças, o fato é completado por dois lenços com franja: um que pousa nos ombros, é traçado à frente e prende no avental, outro que é preso na cabeça atado em cima. No pé é usada a chinela preta, e meia com pé. Neste fato, como era um fato de festa, a mulher poderia levar uma bolsa, e um lenço de namorado na algibeira. Aqui a mulher já poderia usar mais ouro, pois sendo um traje usado em épocas festivas, já poderia ostentar um pouco da sua riqueza.

IMG_0026 IMG_0089IMG_0108IMG_0121IMG_0125IMG_0311229943_463487770346321_1786297247_n

Eu pequenina vestida de lavradeira

O traje de mordoma é um traje que enche os olhos, de todas as formas, na minha humilde opinião.  Embora visualmente seja o fato menos colorido, o pormenor e a postura do traje em si, faz qualquer um se render ao traje de mordoma. Como dizia a Channel " O preto nunca está fora de moda" e é verdade é um clássico, sendo que o traje de mordoma e de noiva, têm uma ostentação intemporal. As mordomas, eram as responsáveis pela organização da festa, e por isso demonstravam que estavam prontas para carregar o fardo de cuidar de uma casa e família. O traje, preto ou azul escuro (dependendo da zona da cidade, ou então se fosse uma filha com mais dinheiro, por exemplo filha única), é  composto por peças de veludo bordadas com vidrilho e trabalhadas com fitas de seda. Alguns fatos tem verdadeiras obras de arte no desenho do bordado. O traje é composto pelas seguintes peças: a camisa de linho branca bordada a azul claro ou branco, colete de trespasse, saia até ao tornozelo, bordada, avental todo ele bordado, com brasão real, algibeira também bordada. Para completar usa-se um lenço de seda cujos padrões variam bastante bem como as cores, e o lenço é preso à frente no pescoço a pousa no peito, e é preso na cabeça com uma fita preta de veludo, também ela bordada. Pode se trocar o colete por um casaco de manga, preto, e trabalhado também, e na mão direita leva uma vela votativa ou palmito (se for na Páscoa), com um lenço dos namorados ( lenço branco com o ponto cruz em vermelho). O fato que me dá mais gozo usar é o meu fato de domingar, porque gosto dele e normalmente no contexto em que está inserido, mas sinto-me uma lady quando uso o fato de mordoma, é qualquer coisa que não sei explicar. Aqui a mulher já poderia usar mais ouro que no traje da lavradeira.

O traje de mordoma, geralmente era utilizado depois para noiva. Daí só as mulheres mais ricas é que tinham o traje azul escuro, porque depois no casamento tinham de comprar outro traje preto. Aqui a única diferença para o traje de mordoma, é que obrigatoriamente leva o casaco, o lenço é mudado para um lenço de cambraia, ou então o lenço de renda branca, e em vez da vela ou palmito leva o ramo de flores. Aqui a mulher leva o seu dote de ouro.

O homem vai vestido com um fato de camisa branca, colete, casaco e calça de fato preta, com sapato preto também, e um chapeú preto.

IMG_0149

Traje Mordoma Azul e de Colete, com vela

IMG_0159Traje de Mordoma com casaco e vela votativa

IMG_0181Pormenor de um palmitoIMG_0190Parte detrás de traje de mordoma com colete

IMG_0211Pormenor de uma vela votativa e lenço de namorado 

IMG_0355Traje de Mordoma com colete e vela votativa

IMG_0363Traje de Mordoma Azul com colete e vela votativa

IMG_0893 Traje de Mordoma preto com colete e vela votativa da minha partner in crime Fairystyle

IMG_0904

Noivos 

IMG_0910

Noivos

400464_352588101436289_1353954347_n

Eu vestida de mordoma preta com colete preto

O traje de dó é como o fato de lavradeira, mas com a diferença que a cor predominante são as cores escuras, nomeadamente o preto e o roxo. Era um fato usado em momento de luto familiar.

IMG_0136 IMG_0137 IMG_0203

E por último, the last but not the least, o traje de meia senhora/morgada. Este traje tem gerado muita contravérsia, tendo chegado ao ponto de em alguns anos, não ter entrado no cortejo. O traje de meia senhora/morgada é o traje da lavradeira, casada, que socialmente ainda não tem o título de senhora, mas no entanto tem alguma riqueza, e por isso é "uma meia senhora". Por isso o traje em si gera algumas questões se é tradicional ou não. Eu honestamente penso que faz parte da história da região e por isso tem que ser considerado tradicional. O traje em si é composto por, uma saia comprida que pode ser preta com trabalho de bordado de vidrilho, ou então uma saia com o tecido chita de motivos florais, uma casaca preta de mordoma, um lenço de seda pousado nos ombros ou então um xaile na mão, senão levará uma bolsa. É tipico deste fato também a mulher levar uma sombrinha. Existem algumas outra variações consoante depois o dinheiro que a senhora envergava, e as variações regionais, a cor do casaco e da saia pode variar.

IMG_0386 IMG_0384 IMG_0171 IMG_0884Existem outros fatos, como os dos sargaçeiros, e os das peixeiras. Mas são trajes que não possuo muita informação, e que muitas vezes nem têm o destaque merecido que na minha opinião é uma perda. Por exemplo os aventais das peixeiras, são dos mais lindos que existem, e existem alguns que atingem valores substanciais de venda devido ao trabalho.

IMG_0925 IMG_0019 IMG_0220 IMG_0390

Finalizei, e como já disse, volto a dizer que não sou nenhuma doutorada no assunto e mesmo quem é doutorado no assunto de certeza tem muitos aspetos que não estão seguros e que existe muito ainda a debater. Mas de certeza que todos concordamos com isto: que Viana é linda, tem uma história linda e mulheres lindas! É ou não é?  Espero que tenham gostado e que tenha dado para mostrar um pouco da riqueza da minha terra, sim um pouco, porque Viana é muito muito mais!

Sinceramente,

Sofia G.

Imagens: da minha autoria, excepto as imagens marcadas, por isso caso queiram alguma imagem por favor, peçam antes, respeitando assim os direitos de autor.

Trajes de Viana do Castelo: Trajes de Trabalho

O mês de Agosto chegou, o mês de ouro de Viana do Castelo! Como sabem sou uma vianense de ginja, tenho orgulho desta cidade (embora tenha muita coisa que não sou a favor, mas nada é perfeito não é mesmo?), e por isso, como uma tradição familiar e grande gosto meu, sempre participei nas festas tradicionais desta cidade, que são a maior romaria do país, realizadas como forma de devoção à Senhora da Agonia.  As festas são festejadas neste mês por volta do dia 20, feriado municipal, e que para mim são um grande marco no ano.  Sempre fui às festas, e maior parte como participante no(s) cortejo(s), com vários trajes tradicionais de Viana, nomeadamente o meu fato de domingar. Por aqui já falei bastante das festas de Viana, mas nunca falei dos trajes em si. Não sou nenhuma expert, nada disso, sou só uma simples curiosa, e que por ser Vianense e adepta das festas da Senhora da Agonia, possuo algum conhecimento de causa. Existe toda uma dissertação criada à volta dos trajes tradicionais, e  por isso, existe bastantes opiniões, com justificação, sendo que o que sei hoje amanhã poderei saber muito mais. Portanto será só um resumo breve, com algumas fotos minhas, mas que partilharei com muito gosto o que há de tradicional na minha cidade.

Os trajes de uma forma geral dividem-se em duas categorias: trajes de festas e trajes de trabalho. Se analisarmos isso, hoje em dia as categorias não mudaram muito! Mas aqui os trajes também indicavam o estatuto social da pessoa, estatuto esse incrementado pelo ouro usado pela senhora. Os trajes do homens não são muito variados. Hoje vou falar dos trajes de trabalho, para o post não ser muito extenso.

TRAJES DE TRABALHO

Os trajes de trabalho, são trajes que como o próprio nome indica, eram trajes usados para o trabalho no campo,  na casa, mas que também serviam para domingar, namorar, ir à missa, etc. Esta diferença é demarcada, no trabalho da saia e do avental.  Regra geral, o fato de domingar/namorar/ir à missa era um traje mais arranjado que o do trabalho, o avental era mais trabalhado, de tear, a saia que geralmente é de linho com barra azul ou vermelha ou preta, pode também ser avergastada. A camisa de linho é a camisa branca enriquecida com bordado. O colete, de trespasse ou não, que tem de ser da cor da barra da saia e do avental, pode ser bordado ou não, simples ou com tecido com motivos florais, o designado tecido chita, e a algibeira, sempre do lado direito, também tem de combinar com o colete. O lenço na cabeça, terá que ter também os mesmos tons que o colete. O  traje de trabalho, dependendo da zona de Viana, e também da própria estação do ano, pode ser mais simples, com um avental simples de pano, com casaco de faldrilha, camisa de tecido simples ou com motivos florais, botas de couro, um lenço na cabeça, e chapéu de palha. O lenço poderá ser preso de várias formas, sendo a mais usada na minha opinião, preso em cima. Na pernas usa-se a chamada perneira, que é uma meia de tricot sem pé, branca, e no pé usa-se socos, embora nalguns casos se considere que pode-se usar chinelas pretas simples, como no caso de ir à missa, ou namorar.

O homem usa camisa branca de linho simples, com calças de linho castanhas, brancas ou pretas, com uma barra preta na barriga. Também usam socas de couro mas castanhas, enquanto as das mulheres são pretas. Nalguns casos tenho visto os homens vestidos com camisas brancas bordados a vermelho e lenço vermelho. Não consigo confirmar se é o fato correto mas, para mim esse fato associo ao traje de festa do homem (que veremos no próximo post). É uma questão a limar as arestas.

Quando ao ouro, como se é de esperar, a mulher não usava muito ouro, uma vez que está a trabalhar, só levará um fio ou outro, com alguma peça, nomeadamente a libra ou a cruz. Poderá no caso da missa ou de namorar levar mais uma peça ou outra, mas estes trajes de trabalho não podem ter muito ouro.

IMG_0678

Traje de trabalho

IMG_0685

Traje de trabalho

IMG_0693

Traje de domingar e Traje de trabalho

IMG_0710

Traje de Trabalho

IMG_0712

Traje de Trabalho

IMG_0734

Traje de Domingar

IMG_0740

Traje de Domingar

IMG_0752

Traje de trabalho

IMG_0770

Traje de Domingar

IMG_1140

Traje de Trabalho

IMG_1095

Traje de Trabalho 

12653_675746219120474_638215774_n

O meu traje de domingar. Foto de Miro Cerqueira

526154_496558850372546_840397713_n

O meu traje de domingar

Este ano lá estarei com o meu fato de domingar no cortejo, com um upgrade. Tem que ser, uma vez que também é só durante esta época do ano que ele sai da mala, e tem uso. No próximo post falarei dos trajes da festa, dos traje ricos.

Sinceramente,

Sofia G.

Imagens: da minha autoria, excepto as imagens marcadas, por isso caso queiram alguma imagem por favor, peçam antes, respeitando assim os direitos de autor.


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis