Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Miacis

The Color Run Braga 2015

Sendo o dia da criança, nada melhor que partilhar a minha experiência como repetente no The Color Run, que deixar sair o nosso lado infantil, e desta vez foi em vários sentidos, já vão entender porquê. Parece que foi ainda há pouco tempo que partilhei com vocês a minha experiência como voluntária e como participante no The Color Run Portugal (ver aqui, aqui e aqui) mas já foram dois anos. O tempo voa...

No sábado passado, dia 30 de Maio, foi o The Color Run em Braga, e este com a edição especial que o pó tinha brilho! Não se preocupem, que não ficamos nenhum vampiro do "Twilight", era uma coisa subtil mas engraçada. Como sempre foi uma animação, e a organização como sempre foi excelente! Excepto no facto de o bilhete no pulso, a cola para o fechar acabava por tapar o código de barras, mas aparentemente este ano não havia ninguém a controlar a ler as fitas. Por 14,90€ tivemos direito a uma t-shirt, ao bilhete, à dorsal com alfinetes, uma banda para a cabeça, uma tatuagem, um saco de pó, água durante o evento, montes de diversões e de prémios! Como sempre o pessoal começou a juntar-se à linha de partida cedo para ser os primeiros, e havia sempre animação, desde o Kapinha a controlar e animar as massas, os bombeiros com água, e professores da Holmes Places a aquecer o pessoal a dançar (se bem que o espaço é tão minimo que mal dava para mexer os braçinhos). Resumindo, quando se dá a partida, já saímos mais borrados do que eu saí no final de todo o evento da Fun Bubble, que foi um evento tão bom, mas tão bom e tão bem planeado, que nem houve repetição este ano.

2 3 6 9 12 14 18As cores mudaram este ano, mas continuaram a existir as 4 color stations, mais uma station da Fruut que este ano patrocinou em força, dando amostras no final do evento e com uma tenda onde podíamos ganhar mais amostras. Obviamente que levei uma para casa!E gostei, surpreendentemente, porque eu já tinha experimentado, e detestei o sabor, mas afinal foi o tipo de maçã que tinha escolhido, que era muito doce. Experimentem o verde que é muita bom :D E o novo sabor de pêra!

5 7 8 10

Como sempre no final, houve concerto, com os Mundo Secreto, o Kapinha que fez um crowdsurfing, e muitos color blast! :D Mas já estávamos tão cansados que saímos mais cedo e fomos é comer!

1 4 11 15 16 17Sou uma louca pelo The Color Run Portugal tenho de admitir, mas nem tudo é rosas. E esta edição em Braga teve alguns pontos que me surprendeu pela negativa. Primeiro a questão do bilhete, e da falta de segurança porque enquanto nós pagamos 15 euros para estar ali, houve quem conseguisse entrar e festejar sem ter pago. Segundo, é um evento saudável e de diversão total, e para tudo e todos. Eu quando fui voluntária no primeiro The Color Run Portugal vi de tudo (mesmo não concordando): bebés de carrinho, pessoas com defiências motoras, cães, familia inteiras, amigos, mas tudo representado em todas as faixas etárias, e essa heterogeneidade é que dá o valor a este evento em si. Porque tem todas as atitudes, tem todas as formas, tem todos os gostos, e tudo com a dose q.b. Desta vez, era só dorsais rosas o que implica, era pessoal do 14 para baixo. Não interpretem erradamente, eu não tenho nada contra estarem crianças, e adolescentes, problema é que o evento perde qualidade porque então assim torna-se num evento juvenil, o que penso que não é o objectivo. E vai acabar por perder adesão de muita das pessoas que davam caracter ao evento, e rendimento. Eu ri-me imensos nos primeiros, porque eram todas as idades a divertirem-se como crianças e adultos, e a picarem-se. Toda essa dinâmica para mim era a cereja no topo do bolo. Neste só se via grupos de amiguinhos, aos berros (nem vos digo o festival que foi quando começou uma música do One Direction.. senti-me tão velha), a correr que nem loucos. Era bonito sim, mas faltou qualquer coisa nos participantes. Aliás, senti saudades daqueles personagens estranhas que vinham mascaradas das formas mais originais. Terceiro, considerei que desta vez havia muitos poucos voluntários, e isso reflectiu-se nas color stations. A primeira tinha bastantes a atirar pó, mas as restantes eram no máximo 8, 4 em cada lado, o que se traduz em pouco esforço a atirar pó, e até menos dinâmica.

No entanto, apesar de todos pontos maus, diverti-me e a companhia é que conta! E estou pronta para outro que venha aí, quem sabe o do Porto! :)Sinceramente,Sofia G.

P.S.: Repararam no meu cabelo à cientista louca, e ainda laranja? É que o raio do laranja não sai e não vejo hora do cabelo crescer!!

2 comentários

Comentar post


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves, curiosa sem fim, 28 anos com muitas coisas que quero fazer. Ou estou no ginásio, ou na praia, ou em casa a ler um bom livro, ou a tratar das minhas plantas e animais. O “The Daily Miacis” é um reflexo meu.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

BLOG ON FACEBOOK

Some blog design Written by Joana

Mensagens

Copyright © The Daily Miacis