Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Aventuras no Hospital e o padrão da hora e meia

Este fim de semana, se tivesse o planeado não corria tão bem como seria esperado. Claro, estou a ser irónica. Por onde começar? Pelo inicio.

 

Depois de uma quinta rude, chegou uma manhã da sexta que começou com um termómetro debaixo do braço esquerdo e uma chamada para o meu coordenador do estágio da formação a dizer " Estive mal a noite toda, e estou mal, tenho que ir ao hospital logo, não vou puder ir ". A minha preocupação para além de eu estar mal era anda a contaminar tudo (acreditem estava altamente virulenta, infectei algumas pessoas). Fui ao hospital mais porque queria algo para as cólicas que eram muito fortes. E foi mesmo esta razão que estragou tudo.

A sexta passou sem o sossego que eu tanto queria. E chegou o sábado, em que apesar de fraca, e extremamente enjoada, lá consegui sair de casa, passear, ainda fiz uns pães e umas bolachas -  tudo sem glúten - e estava eu a jogar Borderlands 2 à noite, quando comecei a sentir-me esquesita. Primeiro tenho de mencionar que de manhã, tinha tido um ataque de tosse enorme devido a uma comichão na garganta. Estava então eu muito bem a jogar, e a coçar o olho e  o pulso direito. Mas à primeira nem liguei. Como faço alergia ao pó, e ácaros, é normal de repente ter uma comichão ou uma tosse ali. Até que parei de jogar e ainda não tinha parado de coçar o olho e tinha pulso horrivelmente vermelho e cheio de borbulhas. Até que olho para o pulso esquerdo, e mais borbulhas tinha. Fui ao WC, colocar um pouco de água no pulso, e vejo que tenho as virilhas completamente empuladas e vermelhas. Começo a olhar bem para as pernas e tinha borbulhas pelas pernas. Tudo isto em hora e meia

Ainda que um pouco assustada, deixei passar: podia ter sido algo que comi. No entanto o nível da coisa ia aumentando, e começou a passar para a barriga, e a garganta começou a ficar comichosa de novo, e a tosse a vir. Aí alarmei: já tinha ouvido falar muitas vezes de crises alérgicas para reconhecer uma. No entanto todos me diziam isso não é nada. Fui ler o boletim informativo do medicamento que me tinham dado no hospital e lá estava: muito raro mas era um efeito secundário erupções cutâneas, dificuldade em respirar e comichão, e nesse caso procurar imediatamente ajuda médica. 

Minha reacção foi logo Linha Saúde 24 (deixo já a dica se nunca usaram o serviço é um óptimo serviço de ajuda para diagnóstico, ajuda em dúvidas de medicamentos que tenham dúvida; e mandaram logo o meu episódio para o hospital mais perto de mim). A senhora que fez a entrevista muito rápido, disse logo "tem que ser vista por um médico num prazo de 4 horas" ( e diziam-me que não era nada...).

Fui eu para o hospital de Viana quando preferia ir para o de Esposende, mas a saúde 24 não me encontrava esse no sistema com urgência. Chego à triagem, as borbulhas tinham desaparecido um pouco mas tinha e continuava a respirar mal. O senhor enfermeiro dá me a pulseira verde. Juntando isso, a uma médica que não irá morrer de problemas de stress pela rapidez em demasia, a alguns amarelos e urgências que iam chegando, estive mais de hora e meia até ser atendida. Enquanto isso fiquei com o corpo cheio de manchas, todas empuladas, e já estava a respirar mesmo mal, até já tinha o nariz entupido. 

Finalmente fui atendida, levei dois injetáveis, um no rabo que parecia vidro na carne, e mais uma nebulização. Quando sai, estava lá um bebé de 20 dias, para a urgência de pediatria que não tinha ninguém que estava lá à espera à hora e meia. Saí e casa para descansar, levantar no dia seguinte para começar o tratamento e ir votar. E aí, a 2 metros de mim, um acidente em cadeia, cuja reacção foi " Objetos a voar, ainda vem algo para o meu lado, oh não, vou outra vez para o hospital". Vá foi só o susto!

eacc74217c3878008c42bdc9996911a3.jpg

 

Viram o padrão da hora e meia ao longo da história? :P 

Espero mesmo que, o vosso fim de semana tenha sido bem melhor que o meu.

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

Mais sobre mim

foto do autor


BLOG ON FACEBOOK

CLUBE LEITURA COMPANHIA DA TINTA


Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis