Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

O que se passa pela minha cabeça #1

Ultimamente, tenho andado neste debate na minha cabeça. Nem é bem um debate, porque no final acaba sempre na mesma forma: é um confronto eu ter tanto para dar e gostar e não haver uma simples opurtunidade para conseguir trabalhar na minha área! Eu sei que há prioridades na falta de dinheiro, mas carambas, quando há dinheiro para salvar bancos a torto e a direito, que o último governo não quis saber dos sinais de alerta ( ou quiseram mas simplesmente ignoraram) porque raio não é possível aumentar o investimento na investigação, que aumenta não so o PIB mas como também o conhecimento e potencial aplicação nas áreas que nos são vitais?

 

É um conflito para mim porque, eu sei que a investigação é um trabalho precário: é passar o resto da vida sem segurança. Não se pode fazer planos a médio prazo, porque não se sabe se daqui a meses não vai ser renovada a bolsa, se vai haver investimento ou não. O tempo em que se tirava um curso universitário e era doutoramento e emprego na Univerisidade garantido acabou. Mas eu não pedia isso, eu só pedia um trabalho na área. 

 

A biologia/ecologia não me define. Não, mas ajuda na definição. Faz parte de mim, é o que eu gosto, é o que me dá prazer fazer. Sinto saudades do cheiro de um laboratório (até saudades de vestir as malditas batas), de pegar em artigos e ler, e anotar a informação que me fará falta para comparações, ou para um protocolo. Tenho saudades de olhar para números e brincar com eles. Tenho saudades... Tenho pena. É triste.

 

Mas terei que aceitar que é uma parte de mim que vai ficar para trás. Se já não é fácil para quem tem experiência, quanto mais quem não tem e há dois não exerce? É um país triste..... Em que eu não sou a favor, não, exerço o meu direito de voto, mas não me admiro com as percentagens de abstinência. As escolhas nunca são melhores, nunca fazem diferença.

 

Eu é que tenho de aceitar a diferença entre o que a minha cabeça quer, e o que a realidade me dá.

 

Sinceramente,

Assinatura.png

Fit me! da Maybelline New York

Tendo aparecido a necessidade de me maquilhar todos os dias e melhor, procurei por uma base liquida, que já não tinha há dois anos. E depois de pesquisar um pouco sobre bases liquidas drugstore, deparei-me com esta. E resolvi experimentar.

 

IMG_1461.JPG

 A Fit Me! da Maybelline, compreende uma linha que tem base liquidas, de pó e corretor. Como já tinha os dois últimos, comprei só mesmo a liquída. O tom que escolhi foi o 210 - Sandy Beige porque achei que o único abaixo ia-me fazer a pele muito clara. Mas honestamente, acho que este tom também não é o meu tom natural, e fico um pouco artificial. A minha cara fica com um tom amarelado acentuado. No entanto, senão colocar muita base, consigo disfarçar bem. Esta base tem uma textura bastante "maléavel" no sentido que espalha facilmente, homegeiniza a pele num tom moderado, e tem um certo grau de hidratação. Não é o topo, topo de base liquida. Por exemplo, marcas de acnes, que eu costumo ter algumas, não disfarça. Logo tenho que conciliar com o meu corretor da Clinique, que falarei no futuro. 

Quem tem pele oleosa/mista, tem que, nas zonas brilhantes completar com a  base em pó, que no meu caso ajuda a disfarçar também um pouco o tom demasiado amarelado. Tem  um fator de protecção de 18.

 

Pros:

  • A textura permite equilibrar bem a quantidade pelo rosto.
  • Cobre de uma forma natural.
  •  Fator de protecção.

 

Contras:

  • Não tapa as manchas de acne. 
  • Poucos tons de escolha.

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Paradoxo #10

6c764902fc3069cf939fa6ef4c6237ab.jpg

Não entendo, porque raio se adianta uma hora no Inverno? Eu entendo que no tempo em que não havia electricidade tinha lógica mas, agora? É que uma pessoa até fica deprimida ser 17h30 da tarde e estar negro. Quero ir passear com o cão já não posso, e depois pessoas como eu que vivem no fim do mundo até dá medo sair para a rua só, porque andar em caminhos de cabras vazios, não me atrai.

 

Fonte da imagem: Pinterest

Foto-a-dia// Dias 4-10

4/366 : Agendar e planear as coisas a tempo.

4.JPG

 

5/366: É isso, depois de semanas a empanturrar, mais um dia de boa comida. É por isto que nunca vou ser magra. 

5.JPG

 

6/366: Fui procurar neve nos montes. Mas a chuva não deu tréguas.

6.JPG

 

7/366: Enquanto eu fazia combat e yoga, ela estava assim deitada com aquele ar de cansada.

7.JPG

 

8/366: Adoro estes brincos!

8.JPG

 

 9/366: E, a decoração de Natal teve que ser guardada. Até daqui a 11 meses! 

9.JPG

 10/366: A lareira não para de funcionar estes dias!

10.JPG

 

 Sinceramente,

Assinatura.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


Some blog design Written by Joana

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Copyright © The Daily Miacis