Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Christmas Inspiration // Christmas Blogger Interview with Débora from Heidiland

E já vamos na quarta entrevista! Hoje temos uma entrevista internacional!

débora_marco_heidiland_neve.jpg

Hoje entrevistamos a Débora do blogue Heidiland. Conheço a Débora via-online, tendo-se travado uma amizade, descobrindo gostos e problemas em comum. Comentei em cima que a entrevista é internacional: pois é, a Débora de momento vive na Suiça, com o seu Arquitecto. E é esse mesmo o tema principal focado no blogue dela, como é a vida na Suiça, as sua aventuras e desventuras: montanha, neve, muitas vacas, vinho quentes e feiras de Natal. E muito, muito mais! Se derem uma espreita no blogue dela, estes últimos posts metem uma inveja com as feiras de Natal que tem na Suiça, com aqueles presentes tradicionais nas tendas. Lindo, pitoresco! E as paisagens que ela publica? Breathtaking! Para além disso a Débora é super simpática, um sentido de humor refinado,e pragmática. O blogue não fala só da vida na Suiça, mas também do que a apoquenta ou das situações do dia-a-dia. Vamos então conhecer as respostas da Débora, uma lisboeta de ginga que vive na terra dos chocolates e por isso tem também duas perspectivas do Natal, mas ainda assim o que vale sempre é o Natal com a família.

  1. Nome : Débora Marco
  2. Blog: Heidiland
  3. O teu blog já entrou em espirito natílicio? O nosso blogue entrou na semana passada em modo natalício com a publicação do primeiro post sobre Mercados de Natal e outro com 5 ideias para presentes. Pretendemos continuar a visitar os diversos mercados de Natal suíços e dá-los a conhecer aos nossos leitores.
  4. Que filmes não passas sem ver no Natal? Não passo o Natal sem ver o "Home Alone" (Sozinho em Casa 1 e 2) na companhia da minha mãe. Digamos que é a nossa tradição natalícia.
  5. Qual é a tua tradição favorita desta época Natalícia? A minha tradição favorita é muito recente: visitar mercados de Natal e colecionar canecas de Glühwein (vinho quente). A tradição teve inicio há três anos, no primeiro Natal passado com o arquitecto na Suíça.
  6. Algumas vez escreveste uma carta ao Pai Natal? Qual é a que te lembras melhor? Incentivada pela creche (ATL) recordo-me de escrever diversas cartas ao Pai Natal, mas  não me lembro do seu conteúdo. Ficava muito feliz quando o Pai Natal (ou os CTT) respondiam às minhas cartas. É de louvar que os CTT continuem com esta iniciativa e a fazer muitas crianças felizes.
  7. Falando de cartas, ainda gostas de receber cartas “old style”, ou seja pelos carteiros mesmo? Não tenho o hábito de receber ou enviar cartas, penso que foi um hábito que se perdeu com o tempo. Contudo, eu e o arquitecto costumamos trocar Post-its sempre que um se ausenta por uns dias, vejo-o como uma forma contemporânea das cartas “old style”. 
  8. Que presentes gostas mais de receber? Depende da pessoa que o oferece: se forem presentes dos pais, avós e tios gosto de receber livros (como conhecem os meus gostos literários é raro enganarem-se no presente). Se for o namorado a oferecer, prefiro que seja surpresa. O rapaz tem muito bom gosto e nem com ameaças de tortura revela o que vai oferecer.
  9. Não passas o Natal sem….comer o Molotov feito pela minha tia.
  10. És uma pessoa mais de salgados ou de doces? Essa pergunta é muito fácil e quem nos segue consegue responder muito facilmente. Dou umas pistas: sou uma pessoa muito docinha e vivo na terra dos chocolates (Suíça). A resposta é doce!
  11. Gostas mais de um Natal chuvoso ou friorento? Apesar de gostar do calor e de vestir roupas mais leves, prefiro um Natal mais fresquinho e de preferência com neve. Para nós (eu e o arquitecto), a época natalícia só começa a partir do primeiro nevão.
  12. Comes até rebentar, ou rebentas só de ver tanta comida? Como tenho um estômago muito sensível tenho que ter muito cuidado com aquilo que como. Se vir um prato cheio de comida consigo perder a fome muito rapidamente, ou seja, rebento só de ver tanta comida.
  13. Gostavas mais de passar o Natal no campo ou na cidade? Cidade! Existem diversos motivos para eu preferir passar o Natal na cidade: mercados de Natal maiores; ruas mais iluminadas e ser uma lisboeta de gema e por isso adorar grandes cidades!!!
  14. O que significa para ti o Natal? Para mim o Natal significa reunir a família (somos 8 no total) em casa da minha avó, decorar a casa com enfeites e ter a mesa repleta de doces caseiros, passas e frutos secos. Como banda sonora ouvir o barulho dos tachos e panelas a bater na cozinha: significa que estão a ser confecionadas coisas boas e por vezes bem docinhas.
  15. Completa a frase “All I want for Christmas is..” amor, felicidade e gargalhadas. Estes são os meus três desejos natalícios.
  16. Se fosses uma personagem ficticia, qual eras e como seria o teu Natal Esta pergunta é difícil! Sou uma geek que vê séries e filmes da Marvel, mas não tenho ideia de que personagem fictícia gostaria de ser. Sou uma pessoa que gosta de rotinas, por isso com ou sem poderes, teria um Natal rodeada pela minha família e sem grandes excessos.

E fiquei a descobrir pela Débora da iniciativa que a CTT fazia com as cartas. Sempre a aprender! ( ou então eu é que sou uma distraida!).

 

Sinceramente,

Assinatura.png

 

Christmas Inspiration // Christmas Blogger Interview with Anabela Costa from Miss Giggles

Esta época resolvi fazer umas entrevistas acerca do Natal a bloggers que eu gosto e sigo piamente os blogs delas. Fui escrevendo perguntas que achava curiosas sobre este tempo natilicio, e resolvi lançar o desafio a algumas bloggers. E já tive algumas respostas! Bastante engraçadas na minha opinião!  Vamos começar então com a primeira entrevista.

 

f24a1025-b48d-4065-bcb7-9473ece14828.jpg

 

A primeira entrevistada é a Anabela Costa, do blog Miss Giggles que conheci este ano num encontro de bloggers no Verão, mas que eu já a seguia antes do encontro! Ela é uma portuguesa canadiana, (e penso que vão perceber nalgumas respostas do questionário :P ) que adora cães, e com um blog onde posta o que ela gosta, e que acha pertinente! Por exemplo, foi no blog dela que descobri que existe uma saca de usar ao tiracolo, que dá para usar como mochila (onde é que isso andava quando andava na faculdade? tinha me dado tanto jeitinho). Engraçada q.b., aqui fica o seu questionário, espero que gostem! Eu gostei muito das respostas dela (finalmente alguém que gosta de ver os clássicos velhos da Disney!). Estejam atentos que como ela refere, vai haver surpresa no blog dela no dia 1 de Dezembro!

 

  1. Nome: Anabela Costa
  2. Blog: Miss Giggles
  3. O teu blog já entrou em espirito natílicio? Por acaso, ainda não.. Porque nem sei a quantas ando :) Mas vamos entrar sim :D Até porque logo no dia 1, vamos começar com surpresas! :)
  4. Que filmes não passas sem ver no Natal? Gosto dos “classics” … adoro ver os filmes da Disney, quando eram a pretos e brancos. Ou aquele filme do Rudolph, The Red-Nosed Reindeer (1964).
  5. Qual é a tua tradição favorita desta época Natalícia? Gosto muito do “mistletoe” penduro a minha sempre no hall de entrada. Ou de colocar as meias com os nomes junto da arvore de natal.
  6. Algumas vez escreveste uma carta ao Pai Natal? Qual é a que te lembras melhor? Escrevia sempre e deixava bolchas e leite junto do pinheiro.
  7. Falando de cartas, ainda gostas de receber cartas “old style”, ou seja pelos carteiros mesmo? Acho que os postais “old style” tem outro significado.. gosto muito de receber.. como de escrever!
  8. Que presentes gostas mais de receber? Prefiro em ser surpreendida. Saber o que vou receber, nem sempre mete piada…
  9. Não passas o Natal sem…. Rabanadas! A minha mãe faz algumas durante o ano.. Mas acho que elas só sabem pela vida, na altura do Natal :)
  10. És uma pessoa mais de salgados ou de doces? Doces!!!!!!
  11. Gostas mais de um Natal chuvoso ou friorento? Friorento!!! Nasci no país da neve.. perfiro mil vezes o frio do que a chuva, e natal é sinonimo de neve.. “I'm dreaming of a white christmas...”
  12. Comes até rebentar, ou rebentas só de ver tanta comida? . Com tantos doces na mesa, sou capaz de rebentar só de ver..
  13. Gostavas mais de passar o Natal no campo ou na cidade? Desde que haja neve, pode ser em qualquer lado! A cidade tem mais luz.. O campo tem mais luz natural (das estrelas).. Mas ver uma cidade iluminada, é muito bonito, por isso optava pela cidade.
  14. O que significa para ti o Natal? Familia.. únião. Cheguei a passar um natal sem os meus pais (quando fiz Erasmus), mas a minha irmã estava presente.. Mas mesmo assim, senti que faltava algo.. O calor dos meus pais.. Foi um Natal mais pobre.. mais triste..
  15. Completa a frase “All I want for Christmas is..” my family together! Ter a minha junto de mim no Natal, já é uma grande prenda!
  16. Se fosses uma personagem ficticia, qual eras e como seria o teu Natal? Um elf! Adoro embrulhar prendas!!!

Sinceramente,

Assinatura.png

 

What I've Been Reading #9

A Lei de Murphy, e outras razões para as coisas correrem mal, por Arthur Block

Murphy Law all the reasons why everything goes wrong, by Arthur Block

Este pequeno livro, lido em pouco mais que uma hora, consegue entre leis, axiomas, corolários, excepções e outros conceitos que tais, de forma bem conceituada, explicar que tudo na vida pode correr mal. É dos melhores livros em que lemos e conseguimos logo desde a primeira página concluir " eu me relaciono com isto ". E, se pensam que um livro cujas páginas só são enchidas por leis, metaleis, hipóteses será muito chato, nem pensar! É de rir, porque a verdade é que as coisas são tais e quais como ele as descreve que parece tudo tão mal, mas resumindo, não é tão mal com pensamos. Penso que a Lei de Murphy e tudo que é dissertado a partir daí, pode ser aplicada em qualquer área (e ele aplica em várias, engenharia, investigação, hierarquia, vida, pessoas, até no amor) e realmente é verdade tudo o que lemos. Simples, claro, humorístico, sádico, realista, e que consegue entender melhor a vida e o karma, que o próprio Budha. Vá não exageremos, são pontos de vista diferentes; contudo, não de todo diferentes, porque o resumo que podemos tirar deste pequeno livro é: não vale a pena sofrermos por antecipação, o que virá, virá, e como diz o Budha o que temos é o agora, é o presente e é esse que temos de viver. Porque como Murphy explica, a selecção aleatória verdadeira está na mão de Deus, ou seja, ninguém sabe o que acontece, e a probabilidade de algo acontecer é sempre 50% (ou acontece bem ou mal, mesmo que signifique não acontecer). Deixo aqui a listagem das passagens que mais gostei, e que me fizeram rir tanto.

Lei de Murphy - Se algo pode correr mal, correrá mal

Filosofia de Murphy - Sorria... amanhã será pior.

Primeira Lei de Ciclismo - Qualquer que seja o sentido em que pedale será sempre a subir e contra o vento.

Regra da Frustação Felina - Sempre que o gato lhe adormecer no colo e parecer muito feliz e amoroso, terá de ir subitamente à casa de banho.

Observação de Etorre - A outra fila está a andar mais depressa (embora o Nuno Crato em "Passeio Aleatório" explique o porque dessa ideia)

Lei de H.L. Mencken - Os que sabem, fazem; os que não sabem ensinam.

          Extensão de Martin - Os que não sabem ensinar, administram.

Primeira Lei de Debate - Nunca discutas com um tonto - as outras pessoas podem não notar a diferença.

Lei de Patton - Um bom plano para hoje é melhor do que um plano perfeito para amanhã.

Lei de Gummidge - A profundidade de conhecimentos é inversamente proporcional ao número de afirmações percebidas pela generalidade do público.

Corolário de Weinberg - Perito é a pessoa que evita os pequenos erros para que ninguém lhe possa apontar os grandes.

Lei de Potter - A quantidade de críticas suscitadas por uma questão é inversamente proporcional ao verdadeiro valor da questão.

Distinção de Barth - Há 2 tipos de pessoas : o das que dividem as pessoas em 2 tipos e o das que não se preocupam com isso.

Sexta Lei de Kamin -  Ao tenter prever  e equacionar os movimentos macroeconómicos de legislação económica, nunca se deixe enganar pelo o que diz o politico, em vez disso, veja o que ele faz.

Lei de Weiler - Nada é impossível para o homem que tenciona não fazer coisa alguma.

Postulados de Pardo:

          1. As coisas boas da vida ou são ilegais, ou imorais ou fazem engordar.

         2. As 3 coisas em que podemos confiar são o dinheiro, o cão e uma mulher idosa.

        3. Não interessa ser rico ou pobre, desde que disponhamos do sufeciente para viver confortavelmente e tenhamos tudo o que desejamos.

Lei de Katz - Os  homens e a nação passarão a agir racionalmente depois de terem esgotado todas as outras possibilidades.

Axioma de Mr. Cole - O total da inteligência existente no planeta permanece constante: a população está em aumento.

Lei de Matsch - É melhor ter um fim horroroso do que sofrer horrores sem fim.

Citações do livro " A lei de Murphy e outras razões para acontecerem mal"

Sinceramente,

Sofia G.

Odonata - Embroidered Dreams

Quem me segue no facebook já sabe deste projeto. Eu já tinha referido antes que iria talvez lançar uma linha de "jóias" criadas por mim, aquando do sorteio, e resolvi finalmente abrir uma loja Etsy, com os meus pendentes bordados. Pensava abrir mais cedo, em Agosto, mas como se diz "mais vale tarde que nunca". Ainda vai no ínicio, abri ontem, e tem poucos colares mas espero em pouco tempo aumentar à quantidade de pendentes, e aumentar as vendas também.

2A loja chama-se Odonata.  e o mote é "Embroidered Dreams". O título vem de uma junção de várias coisas e significados: primeiro o meu lado como bióloga e adorada de insectos, sendo um deles libélulas. São animais tão frágeis e resilientes ao mesmo tempo, belos e robustos. Um pouco como as minhas peças, na minha opinião. E depois "Embroidered Dreams" vem um pouco da minha ideia de através do meu gosto por bijuteria e trabalhos manuais, juntar o meu gosto pela natureza e assim desenhar "sonhos" meus, do que os meus olhos vêm quando olho lá para fora. Podem ver a página no facebook aqui, e a loja aqui.

il_570xN.836361070_2sic

Esta é uma das razões porque tenho andado mais calada por aqui, é porque tenho andado com tanta coisa na cabeça que tinha de organizar e começar por algum lado. E a loja foi uma das saídas. Espero que gostem, que partilhem e que, se for do vosso gosto, comprem. Eu tenho muito carinho ao faze-los, dá me prazer, e estou sempre com novas ideias, sempre a procurar, a inventar. Começo a ficar frustrada quando as tentativas não ficam bem mas continuo até dar. Senão der, também é porque não era boa ideia,certo?

Sinceramente,

Sofia G.


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


Some blog design Written by Joana

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Copyright © The Daily Miacis