Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

METAS JANEIRO

Metas Janeiro.png

Oh Janeiro, como queria gostar de ti. Mas depois de toda a emoção no final do ano, os teus dias tornam-se tão monotónos, desgatados pela ansiedade extrema de um novo ano na primeira semana e depois pela pressa para acabares depressa, para entrar Fevereiro com um pseudo feriado e um mês um pouco mais pequeno.

 

Contudo este ano, esperamos, porque isto já foi adiantado muitas vezes, que vens com alguma emoção e trabalho pelo meio. O escritório vai estar pronto e vamos decorar o nosso canto. Finalmente o meu cantinho de leitura vai estar por lá.

 

Logo no inicio de Janeiro, começa o meu projeto 365 dias com Poirot e Marple. Estou entusiasmada e espero manter o ritmo de leitura. 

 

Vai ser o segundo mês de ginásio, que me está a custar milhentos colocar os musculos a trabalhar ao ritmo que tinha quando parei. Mas inacreditavelmente, a minha resistência no cardio, mantem-se.

 

As metas neste mês longíssimo são:

  • Comprar móveis e decorar o escritório
  • Informar-me acerca de tratamentos dermatológicos para o acne
  • Começar o projeto 365 dias com Poirot e Marple
  • Re-começar a dieta alimentar para pelo menos não ficar um marshmallow andante
  • Acabar a colecção de selos  do Continente para os peluches Star Wars
  • Se houver neve perto, dar um pulo. 

Nao tenho muitas metas para este mês mas já ocupam bastante tempo.

 

E vocês, que contam fazer em Janeiro?

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 

 

 

 

 

 

Inspiration // Fetos

Já tinha publicado que por casa, após as obras terminarem, quero plantas no interior. A busca pelas plantas já começou e há uma que me tem chamado a atenção: fetos. Não precisam de grande atenção, maior parte só precisa de um solo húmido, e luz indireta.


Embora com diferentes formatos de folhas, o aspeto ao longe é quase sempre o mesmo: um leque de ramos verdes com umas folhas mais ou menos encaracoladas. Os fetos para mim, na faculdade, ganharam todo um significado diferente. Embora estudá-los foi um pouco aborrecido, eles mostram o ínicio das plantas vasculares, das plantas com algum porte, com xilema e floema. Para mim são um marco evolutivo na história do nosso planeta. Nalguns locais do nosso país ainda exemplares deste grupo de plantas que são reliquías, como em Valongo.

Por isso, para mim tem todo um significado ter essa planta dentro de casa. E já para não falar que dá um ar mais aconchegante à casa. As opções de decoração com fetos baseiam-se quase sempre em vasos pendurados, ou vasos grandes. Mas dentro das opções que o pinterest oferece, encontrei umas engraçadas. A minha favorita é a da redoma.

2fbbe47c28dc6838b962346d70080982.jpg

 

8b948f120c487d81f01f518a03c14457.jpg

 

40e228fac6428ae9a6e2faf5b2841d21.jpg

 

53a27f6edf3ed4962bff623e30d76949.jpg

 

597c829ce397a4801d54a09d17ac0a66.jpg

 

b34e56c6f810e7b9247e1651945aa8cc.jpg

 E vocês, têm fetos por casa?

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 

Inspiration // Plantas em casa

Engraçado como mudamos à medida que crescemos. Quando somos mais pequenos não gostamos de muitos sabores e depois, enquanto adultos, adoramos. Neste caso, existe uma explicação biológica: as nossas papilas gustativas vão-se modificando à medida que crescemos também. Mas no que toca a gostos, acho que é mesmo amadurecer, ou será que também temos algumas ligações no cérebro que vão mudando os nossos gostos? Bem é sempre aquela questão genético vs. interação à ambiente.

 

Ninguém diria à Sofia pequenina que um dia iria gostar de plantas verdes. Achava um desperdicio de espaço, e dinheiro. Eram verdes (coisa horrível!), monótonas, nem sabiam gerar uma flor algumas delas. Agora adoro. Acho lindas, fazem efeitos engraçados e dão vida à casa. Consigo mesmo adorar os fetos que para mim, antes do curso, equivaliam o mesmo que erva daninha. Consigo olhar para elas, e ver como elas são tão importantes na evolução das plantas. São aquelas que estão ali logo no inicio da linha da evolução. E são tantas, e tão lindas, com aqueles pequenos folhinhos, ou pequenas folhas que tem outras pequenas folhas. 

 

E como já sabemos: as suculentas e cactos. Penso que não preciso de desenvolver muito a minha loucura por esse tipo de planta. (senão sabem é só dar uma vista de olhos neste post, neste, e neste, embora este último seja importado do endereço de blogue antigo e não tem fotos).

 

Com a renovação que vai acontecer por estes lados, ando a ver como vou trazer plantas cá para casa. Quero uma Lingua de Sogra, alguns fetos quem sabe um Rabo de Porco, e cactos, talvez um daqueles tipicamente sul americanos, um  Crassula ovata "Gollum". Mas tenho visto tantas ideias giras na Internet, que nem sei qual escolher! 

2f029c4ffaadfd4d0b1db246010264f4.jpg

 

3a76a6b770973483e8ae073a2d9576e2.jpg

 

9e351644c65cf2a745c27d0d34c0d05e.jpg

 

 

45b578935b046ea8da03fa1c837036f3.jpg

 

59d3e8e065da2823848346e55b3ff8f4.jpg

 

88f71e195b0c114f4dcd8aafa3ee10ca.jpg

 

95f6c4831620ae3eedc3518ad2c1aca8.jpg

 

948f3bd663819cc18d9b6c7b739a79ae.jpg

 

03844e52965709b81e417904bbc1dea8.jpg

 

afc017a386c2a2da8d5dcdf926106611.jpg

 

c3954db51b28a89d33b3cc69b4f07608.jpg

 

caf1543e7d2ed421d4ec96c6dc4ef3b7.jpg

 

Invite-Nature-In-With-20-Incredible-Indoor-Plants-

 Que acham? Deixo aqui o link da loja com os vasos do Star Wars, porque eu já fiquei apaixonada.

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

Inspiration // Biblioteca

Em menos de 6 meses comprei duas estantes no Ikea. Em menos de 6 meses tenho as quase completas, sem ter os meus livros todos no mesmo local. 

Numa possível mudança de visual da casa, ando à procura de inspiração para bibliotecas. Blame me, mas eu crescei a sonhar fazer uma cena à Bela e Monstro, quando ela está a cantar nas escadas da biblioteca da terra dela, ou então que alguém me desse uma biblioteca. A culpa é dos filmes porque vi muitos filmes com boas bibliotecas neles e sempre quis ter uma assim. Eu sou uma amante daquelas bibliotecas tipicamente inglesas, com armários em tons de azul pálido ou castanho escuro, e dois cadeirões, um canto de leitura com um almofadão e vidro, uma manta quente, um chá, e o céu azul lá fora (não digo neve porque aqui era díficil). Mas, tenho me rendido também à nova moda das linhas rectas minimalistas, dando um aspeto de tudo muito limpo. Contudo acho que vou ficar com um intermédio dos dois: as linhas rectas das novas modas simplistas e a organização de uma biblioteca old school. O que acham? A minha ideia é algo como a primeira foto. Óbvio que não vai faltar a escada, mas eu prometo não fazer como a Bela e andar de um lado para o outro. A escada Ikea não deve aguentar com uma Sofia em cima dela.

 

0f27be43a5ecdbba2c18346d4ce61ac9.jpg

 

2c4cca18a68b7a00714d590de715e1bd.jpg

 

8c4b3651ffd8e5b09730b90bc5f46cdb.jpg

 

39e1ea406df1e81c4c6643edd9c05bac.jpg

 

17675a9284259cef227137df9653adfd.jpg

 

a9a71b9c7d0e7c34f4001762fb30dda5.jpg

 

e131b38e7d793eda535abbf926b83793.jpg

 Sinceramente,

Assinatura.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


Some blog design Written by Joana

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Copyright © The Daily Miacis