Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Daily Miacis

Cats: Copas

Está na hora de apresentar um novo membro da família, que desta vez a sua apresentação bem tarde.Quem me segue nos instagram, já conhece esta personagem irreverente que saltou para a minha vida de relampâgo e instalou-se nela como se já vivesse há muito tempo. Apresento-vos a Copas.
Como sabem eu tenho vários gatos, 4 no total. E tirando a mais velha, todos foram adoptados e gatos salvos da rua.
A mais velha a Quinas, foi a da ninhada de um familiar, e sempre foi a mais selvagem desde pequena, mas sempre a que todos os vizinhos sempre invejaram. Tem um pelo tipo persa, e uns olhos azuis ceú invejaveis. Mas sempre foi muito esquiva, e faz da nossa casa um hotel: só vem comer e dormir, e ás horas que ela deseja.
Entretanto ( e este infelizmente já não faz parte das contagens..) adoptamos um gato preto, o Kiss. Este foi encontrado num cemitério em Esposende ( buh, um gato preto num cemitério!), o local de onde vêm a maioria dos meus gatos. Mas a minha mãe a falar com a responsável pela Clinica Veterinária de Esposende, ouvia a o gato do outro lado a ronronar. Foi " rom rom " à primeira vista e veio para a nossa casa. Infelizmente, um dia para ai com cerca de 4 anos, teve a infeliz ideia de ir visitar a estrada nacional que encontra-se perto da minha casa. Como podem imaginar, a visita não acabou muito bem.
Depois adoptamos o Tom, o meu cinzento mimado. O Tom, agora com 4 anos de idade, também veio de Esposende, num época, em que as pessoas deixavam os gatos em cartões à porta da clinica, como se fazia antigamente com os bébes nos orfanatos.
O Sam, já veio para a nossa casa grande. Só tinha 3 meses.. mas o tamanho dele já era considerável, como sempre foi em toda a vida dele. Foi encontrado por uns miúdos numa rua sozinho e perdido. Ninguém durante umas semanas o foi reclamar à clinica, e assim veio para a minha casa.
Mas como vêem, neste histórico, nunca fui eu que resgatei o animal da rua. Mas isso tudo mudou com a Copas. O meu tio, um dia chega a casa a pegar em comida de gato a dizer que viu na rua dois gatinhos a correr atrás do carro, mas tinham muita fome. Eu fui com ele para ver o estado, mas .. elas eram bebés tão bebés que mal iam conseguir comer os croquetes, só mesmo porque estavam completamente famintas. Eram duas, a Copas e a irmã, uma cinzenta linda com uns olhos esmeralda, duas pobres que tiveram a infelicidade de nascer com o sexo feminino e como tal, um qualquer ignorante pegou nelas e abandonou-as para morrerem à fome.
Não tive mãos a medir: peguei na caixa que estava lá, pu-las as duas e trouxe -as para casa (já aí a Copas mostrava que não se submetia logo a qualquer pessoa que para apanha la anda tive que usar um truque). Uma vez que elas tinham tanto de pelos como de pulgas, a primeira coisa foi logo dar banho antes de sequer entrarem em casa. Espanto foi que elas em vez de entrarem em pânico com a água quente, foi bebe-la, estavam cheias de sede. Depois de meia hora, com pentes de piolhos, e matar pulgas, que eram tantas que o fundo da banheira ( que era a minha de quando era bebé), ficou preta, foi hora de dar lhes leite e comida mole. Se vissem a barriga com que elas ficaram! De rir! Depois coloquei-as num sitio quentinho aconchegado e aí ficaram. Mas entretanto a irmã estava fraca e morreu.. Infelizmente.
E assim fiquei com a Copas! Inicialmente não ia ficar, ia arranjar um dono. Mas a ligação era tal que não a consegui dar. Eu dava lhe a comida mole, eu punha a na caixa de tempos a tempos porque ela era ainda tão pequena que tinha dificuldades a entrar na caixa que era alta ( no inicio até usei um tapperware), eu andava com um cotonete  a fazer no rabinho o que fazem as mães naturalmente para eles defecarem. Basicamente, era a mãe dela. E pronto, aquela gata raquitia sobreviveu, e está ai com a genica toda, sempre com o mesmo olhar gazeado! Tenho de dizer que é uma gata muito precoce, porque ainda com 6 meses de vida, e com os dentes de leite a trocar, já tem o cio. E digo-vos uma loucura! O porquê do nome? Porque ela tem uma mancha em forma de coração.
Aqui ficam imensas fotos dela desde o momento que a apanhei até ao momento atual, em que se vê a recuperação dela. Tentei fazer uma montagem de fotos de crescimento mas não é fácil porque ela não fica quieta!
With love,
Sofia G

2 comentários

Comentar post


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

Mais sobre mim

foto do autor


BLOG ON FACEBOOK
Clube Companhia da Tinta's currently-reading book montage
Clube Companhia da Tinta 25 members
As várias vidas que vivemos pelos livros que lemos, é o que nos leva a participar neste clube. Ler bem e bem ler. Blog: https://companhiadatinta.blogs.sapo.pt/ Grupo Facebook: https://www.facebook.com/groups/1183466295088711/?source=create_flow

Books we're currently reading

A Senhora da Magia A Senhora da Magia
by Marion Zimmer Bradley
Start date: March 1, 2018

1984 1984
by George Orwell
Start date: March 1, 2018



View this group on Goodreads »

Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis