Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Bitaite da Sexta #57

ceramics (12).png

A matilha aumentou.

 

No sábado passado, fomos buscar um cão bebé que adoptamos numa associação. Há algum tempo que queriamos adoptar um cãozinho, o Chewie passava algum tempo só ( ou seja sem eu ou o André), aborrecia-se e quando chegavamos nós cansados, tinha a energia toda para brincar. Nos bons dias, eu levo o passear, corro com ele e brinco, mas nem sempre dava, principalmente nestes últimos dias. Então uma companhia do género dele, não muito grande para as brincadeiras serem equivalentes em termos de violência e força, era perfeita.

 

Não foi fácil, e vão perceber o porque das palavras chaves deste bitaite.

 

Primeiro, como referi já na página do facebook, o Olx e Custo justo, muito bem, na secção de venda de animais só aceitam anúncios cujos criadores tenham um registo de como são criadores. Tudo muito correto, e acho bem que exista regulação neste tipo de procriação. O que não faltam por aí é o chamado criador talhante: é só produzir carne para vender. No entanto o problema está nas páginas de adopção. Quem procria cães de raça mas não quer estar registado, para vender o que faz? Basta só colocar adopção de raça x no anúncio e a coisa passa. Utilizam o vocabulário em todo o anúncio, que geralmente não é muito elaborado. Que é que acontece quando perguntamos aí e tal, anda tem cãezinhos para adoptar? A resposta é um redondo não estão para adopção! Da forma mais ofendida. Por isso como podem perceber não foi fácil adoptar um cão bebé, que ficasse geralmente até 50 kms de distância, para adopção e de porte pequeno. Até que encontramos em Monção (foi outra aventura conseguir adoptar mas isso já é outra questão).

 

Nunca acreditem no que vos dizem. A primeira coisa que a senhora me diz é " ele é muito sossegadinho". Só que não, tem a pilha toda. Não tem mal nenhum é bebé, é normal, é de raça pequena, o feitio geralmente é mais vincado.  Mas por experiência aprendi que geralmente o que apontam para o cãozinho, acaba por ser o contrário. Mal ela me dá o pequeno para mão ele abre logo os olhos e começa a lamber e a roer a t shirt. 

 

A verdade é que depois de dois, três dias com o Chewie assustado de morte, a coisa já corre bem. Já se dão bem os dois, brincam até arfar, lambuzam-se, lambuzam-me, correm, partilham brinquedos e não tarda acho que ainda vão dormir juntos. É só o pequeno perder um pouco a pilha, e a mania de trincar quase tudo o que lhe aparece à frente. Tem uns dentinhos de vampiro, e umas unhas pior que agulhas.

 

Como se chama? Yoda, mestre Yoda para vos entreter aqui chegou. Por isso se preparem, para várias aventuras com o Chewie e o Yoda.

 

**

 

 

Próximo mês começa o Septemberthrills! Da Dora e da Cristina. Participem, este tempo que começa a arrefecer já convida a umas leituras mais emocionantes, para nos aquecer.

E por aqui pelo blog, amanhã sairá no instagram a primeira votação da Batalha Qual é o Melhor! Participem!

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

Bitaite da Sexta #56

ceramics (11).png

Voltei aos Bitaites da Sexta!

Mas nem por isso com boas novidades.

 

Hoje venho divagar acerca da limpeza dos ginásios, de como sou um foco de doenças, de como os sabões são boas almas, e como o nosso sistema de saúde é mais um departamento de morte assistida. Tanta coisa numa história pequena? Já vão perceber.

Há um mês e pouco,apareceram três manchas na minha barriga- Coloquei um creme e supostamente melhorou. Só que não, e nesta última semana, com o calor intenso e o suor, aquilo piorou. Tentei terça e quarta consultas abertas no centro de saúde, nada. Tentei num hospital, estava a abarrotar de gente e para o que tinha não estava com paciência para estar uma hora à espera ou mais para em 5 minutos me receitarem um creme. Finalmente, quinta consegui consulta porque a senhora lá cedeu. Porquê? Agora para marcar consultas tem que ser presencial. Ou seja tenho que fazer duas viagens.  Se estiver a trabalhar tenho que gastar tempo para marcar e tenho que gastar tempo para ir à consulta. Se estiver doente, de cama que nem me mexa, tenho que me esforçar a sair duas vezes. Ridiculo não é? Na minha opinião é.

Lá o médico disse que era uma cena fungosa. E onde é que a Sofia apanhou isto? No ginásio, claro. Por isso eu mesmo no Solinca já não tomava banho e evitava a piscina. Já tinha ganho um fungo na unha, na piscina. E agora que tomava banho no Fitness up, pois vou na hora de almoço e tenho que ir lavadinha para o trabalho, fico com fungo na pele! Anos, pessoal, anos desde cachopa em piscinas públicas e nunca tive nada. Dois ginásios, e fico assim. O que primeiro me faz questionar da limpeza dos ginásios, como é feita, e que me leva a crer que acho que ainda vou desistir. Vou mesmo é investir numa bicicleta em casa para treinar nas semanas de muita chuva e correr que é o que me faz bem.

 

O sabão? O sabão é só porque parece que é isso que faz bem à pele e que nunca deviamos deixar de usar por causa do pH. Já para não falar que é mais sustetável em termos ambientais por causa do plástico da embalagem.

 

E agora, me desculpem, que eu vou me isolar e matar as bichezas.

 

Sinceramente,

 

Bitaite da Sexta #55

ceramics (10).png

 

Há coisas que não compreendo.

 

Penso que já deu para perceber que tento fomentar a literatura e da forma que nos convir melhor. Posso não ser o melhor exemplo a escrever, e posso não ser a pessoa que lê mais, mas desde sempre tento levar as pessoas a ler. Mas num sábado há pouco tempo estava no cemitério a ajudar a minha mãe e vejo a seguinte cena: uma miúda passa por mim com uma vela na direcção de uma campa e uns passos atrás, vem uma míuda mais nova com um livro na mão marcado, e cenas, a andar com o livro aberto a olhar para os lados, lê uma linha, olha para o lado, e lê mais uma linha e fala com a outra, continua a andar, e a falar e o livro aberto. O que me escandaliza não é ela levar o livro para o cemitério, porque nem é profanação nem é nada demais. Aliás até é deve ser bem calmo ler no cemitério. A questão é : qual é a necessidade de andar com o livro aberto? É que nem está a ler, nem está bem atenta às coisas à volta dela nem às pessoas com que está.

 

Esta necessidade de mostrar que se tem e querer fazer tudo ao  mesmo tempo tira nos a sensabilidade das coisas. 

 

Ou se calhar sou eu que sou rígida demais! Será que é Sindrome dos trinta?

 

Diz que vem calor este fim de semana! Para quem tem 24 Kitchen e box com gravação, procurem o programa da Marry Berry em que tem uma receita de asas de frango de churrasco à texana! Senão estivesse de dieta, faria já este fim de semana!

 

Bom fim de semana!

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

Bitaite da Sexta #54

ceramics (9).png

Esta nova era dos fits e do coaching irrita me os calcanhares, e dá me um calafrio na espinha. Não tenho nada contra, aliás ainda bem porque o que não falta agora é partilha de receitas saudáveis, truques para cozinhar saudável, até na organização e economia de casa, e exercicios para fazer em casa ou mesmo como começar a correr. Mas existe uma arrogância aderente a certo tipo de partilha: supostamente é um empowering others, mas a mim só me irrita.

Sigo alguns perfis de pessoal fit, mas quando chego ao post do eu " se eu posso tu também" são poucos os que eu penso mas tu tens noção do que acabas te de dizer? Vi um que dizia ai e tal tive duas reuniões de manha e entre elas fui ao ginásio, e acabava a perguntar e tu já trataste de ti? Não, porque 90% dos portugueses, passam 8 horas ou mais num trabalho em que mesmo que não estejam a fazer nada, tem que ficar no trabalho, e não, não podem cuidar deles. Muitos ainda saiem dessas 8 horas de rasto e têm que ir buscar os filhos, cuidar deles, ver os pais e cuidar deles, ir às compras, etc, etc. Empowering é bom sim, principalmente para quem anda neste ciclo que pensa que não consegue mas afinal é tudo só falta de organização mas esta nova onda de arrogância (então quando vem de bloggers ou pessoal que não tem horário sequer....) irrita me. 

 

Sim ando irritadiça, e queria cuidar mais de mim. Mas nem a minha carteira nem o tempo me permite 

 

E falando de pessoas reais e com bom exemplo de optimismo, leiam este post da Vânia acerca de todos temos barrigas para tops de desporto.

 

Eu este fim de semana vou chorar por ser pobre, apostei tudo o que tinha na semana passada no euromilhões mas nem um cêntimo ganhei na sexta feira trezes, e trabalhar muito, mas bem acompanhada: com filmes Studio Ghibli.

 

SInceramente,

20099812_ua1Qu.png

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

Mais sobre mim

foto do autor


BLOG ON FACEBOOK
Clube Companhia da Tinta's currently-reading book montage
Clube Companhia da Tinta 25 members
As várias vidas que vivemos pelos livros que lemos, é o que nos leva a participar neste clube. Ler bem e bem ler. Blog: https://companhiadatinta.blogs.sapo.pt/ Grupo Facebook: https://www.facebook.com/groups/1183466295088711/?source=create_flow

Books we're currently reading

A Senhora da Magia A Senhora da Magia
by Marion Zimmer Bradley
Start date: March 1, 2018

1984 1984
by George Orwell
Start date: March 1, 2018



View this group on Goodreads »

Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis