Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

O que tenho lido #22

30052503_1064593593696578_99641600726175250_o.jpg

O segundo livro que lemos para o clube de leitura Companhia da Tinta foi "1984" do George Orwell. Este livro também foi leitura para o projeto 101 livros de fantasia e ficção cientifica.

 

Resumo:

"Segundo Orwell, Mil Novecentos e Oitenta e Quatro é uma sátira, onde aliás se detecta inspiração swifteana. De aparência naturalista, trata das realidades e do terror do poder político, não apenas num determinado país, mas no mundo — num mundo uniformizado. Foi escrito como um ataque a todos os factores que na sociedade moderna podem conduzir a uma vida de privação e embrutecimento, não pretendendo ser a «profecia» de coisa nenhuma"

 

A personagem principal aqui para mim não é Winston, a personagem que seguimos ao longo desta história. Para mim a personagem principal é a doutrina, o totalitarismo que existe no mundo de 1984. Winston, Julia, O'brien servem como ferramentas para esse mundo nos entregar a mensagem. Porque digo isso?

 

O livro está dividido em 3 partes. A primeira parte, foi a parte que menos gostei, porque através dos olhos de Winston temos uma descrição de tudo o que acontece naquele mundo. As descrições não são só através de descrições ou experiências que o Winston já ultrapassou. Temos mesmo descrições no presente, no momento de coisas que o Winston está a fazer. E tendo em conta a metodologia daquele regime, que tira tudo o que seja estimulo, acabam por ser descrições muito monótonas, e por vezes repetitivas. Contudo a ideia será passar mesmo a ideia de como é triste um mundo assim, mas a falta de acção, de movimentação de acontecimentos, tornou a leitura custosa.

Quando passamos para o livro 2, a acção já desenrola. E gostei imenso. Gostei tanto que não fiquei atenta a possíveis avisos por parte do autor. E quando atingimos o clímax, não esperava mesmo por aquele desenrolar. Ou seja esperava que acontecesse mas não como aconteceu. 

E quando chegamos ao livro 3 a acção ainda melhora bastante, é bastante empolgante,eu não consegui largar a leitura neste último capítulo. Mas desilidi-me no fim.

Poemos dizer que cada capítulo corresponde ao moto do Partido:

Guerra é Paz (livro 1)

Liberdade é Escravidão (livro 2)

Ignorância é Força (livro 3)

 

Talvez posso não estar a entender a mensagem, talvez a mensagem seja mesmo a que estou a pensar. Contudo a minha ideia era que no fim, o que prevalece é o nosso espírito, para mim teria que existir uma moral desse tipo. A verdade é que a moral que aparece lá não deixa de ser crua e realista. No fundo, está bem encaixada na mensagem e no contexto. Não esperava um fim muito espetacular, mas a verdade é que esperava conversas mais filosóficas ao longo do livro e estava à espera que no final existisse um discurso revelador. Foi talvez a desilusão que tive com este livro. 

 

No computo geral, foi uma leitura agradável, muito fácil e fluida, bem escrita. Com personagens terra a terra, Winston é insípido e bastante maleável, Julia é a geração sobrevivente bastante definida. Só esperava um final diferente, aliás toda uma história diferente. Por isso a minha pontuação é de 4: a história é forte, enquadrando no ano em que foi editado é algo bastante contemporâneo, mas insípida nalguns pontos.

 

 SInceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 

 

 PS: Feita palerma andei a perguntar se alguém tinha à venda ou tinha para emprestar o livro de George Orwell 1986... e demorou até alguem que corrigir.

Dia de "Hide a Book"

Enquanto navegava no site da Goodreads, saltei na noticia em que o dia 18 de Setembro seria o dia de esconder um livro, uma iniciativa da Goodreads com as Books Fairies, que conta com a participação da Emma Watson.

1503944357-1503944357_goodreads_misc.png

 

The Books Fairies é um movimento onde várias pessoas pelo Mundo todo, pegam num livro, novo ou usado, e deixam num local público com uma mensagem. Esse livro é para essa pessoa ler e dar a outra pessoa. Para mim só este objeto de deixar um livro para uma pessoa aleatória qualquer, é algo lindo. Só de pensar que vamos alegrar o dia de alguém, penso que ganha-se e muito. 

 

Este movimento, para festejar o 10º aniversário, juntou-se com a Goodreads e estão a promover um dia para a nivel mundial, várias book fairies esconderem os livros, tirarem uma foto e partilharem para outras pessoas verem e lerem. Devem colocar uma mensagem para as pessoas sabem o porquê daquele livro. As Book Fairies já tiveram o cuidado de criar uma versão free que se pode fazer o download para imprimir, porque até agora tinha-se que se comprar os marcadores ou autocolantes. E não se podem esquecer que não podem colocar o livro nem muito escondido nem muito exposto pois se chove por exemplo, o livro estraga-se. Podem partilhar a foto da localização do vosso livro. Em Portugal temos o instagram The Book Fairies em Portugal.

 

Eu vou participar! E vocês?

#ibelieveinbookfairies

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis