Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

RESUMO JUNHO

Alfabeto literário (1).png

Se Maio foi terrivelmente cansativo, Junho não ficou atrás. Foi mais fácil de suportar, começou com  um fim de semana prolongado em viagem, mas acabou por me derrotar no final.

 

O sol deu seu ar de graça, finalmente! Os poucos dias de sol que tive já deu para bronzear um pouco as pernas, acho que já atingi um tom de branco saudável. E os momentos tipicos do Verão também chegaram, como os primeiros churrasco, as melancias doces, o mundial de futebol, feiras do livro ao ar livre, feiras medievais e as festas populares.

 

O mês deu para fazer algumas coisas mas a verdade é que da lista inicialmente pensada  quase que não fiz nada. O foco não tem sido das minhas melhores caracteristicas nos últimos tempos mas também gosto de ouvir o corpo e desviar me do caminho ultimamente.

Muitos projetos criaram se na minha cabeça, mas finalmente começo a distinguir entre aqueles que devem ficar pessoalmente ou somente um hobby secundário, daqueles que me devo atirar de cabeça. 

Este mês acho que me foquei mais em mim, na saúde e no bem estar.

 

Experimentar mais receitas vegetarianas - Sim, fiz umas fallafels saudáveis, fiz umas bolas energéticas de amêndoa, e uma pavlova menos doentia em termos de açucar.

Escrever um rascunho da ideia de história que tenho na minha cabeça - Não mas inacreditavelmente consegui desbloquear, e vejam a conduzir, um dos pontos que me parava sempre na criação da história que é um contexto exterior ao foco total.

Fazer uma lista dos projetos que quero fazer e organizar me - Não fiz, não. Mas como mencionei, para mim consegui distinguir aquilo que deve ser mantido secundário daquilo que deve ser principal. Agora tenho de me focar na divisão das tarefas.

Melhorar o jardim - Sim, aliás já começo a apanhar algumas das coisas plantadas. Os girassóis estão a nascer as ervas aromáticas já estão a secar. Uma maravilha!

Caminhar 3 vezes por dia ao final do dia - Tentei ao máximo fazer isto mas foi impossível entre sair do trabalho estourada, ter outros assuntos a tratar não deu para caminhar muito, mas tentei e fiz algumas caminhadas.

Aproveitar o Verão e planear o quero fazer - Acho que esta ofoi talvez a que mais aproveitei. Caminhar a beira rio, estar deitada no jardim, churrasco, comida fresca, as feiras ao ar livre e os gelados.

Fazer um picnic - Pois ainda não foi desta acreditam?

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

RESUMO MAIO

Alfabeto literário.png

Ai Maio, que ias dando cabo de mim.

 

Parece que os dias não tinham horas que chegassem para tudo o que tinha de fazer. Eu chegava a casa mesmo exaurida, cansada, só com vontade de fechar os olhos e dormir, dormir, dormir. Chegava mesmo a forçar me a fazer outras coisas como ver um vídeo ou ler, mas ler era mesmo a única coisa que ainda conseguia fazer, nos dias em que ainda tinha força. O mês acabou com mais um fim de semana prolongado, em que fui a Lisboa, visitar amigos, ver a Feira do Livro e  percorrer Lisboa. Diz que é uma espécie de treino para o caminho de Santiago, mas só até ao final do ano é que saberemos com certeza. Pode ser como pode não ser. 

 

Foi um mês, em que, apesar de tudo, do cansaço do corpo e da alma e da falta de tempo, fiquei bastante inspirada e com alguns projetos na cabeça. E finalmente acho que estou a perder o medo de me atirar para outros projetos novos. Mas com calma, muita calma.

 

Os tempos livres que eram poucos, foram passados com os joelhos no meio da terra a jardinar, ou mesmo a cavar o chão. 

 

E começo a tomar algumas rédeas de mim própria. Começar a tomar a consciência que a ansiedade faz parte de mim e por isso tenho de viver com ela sim, mas também tenho de a controlar.

 

Rever rotina diária - Não me debruçei muito sobre este assunto é verdade. Mas tentei sempre tornar a minha rotina mais eficiente embora eu sei que posso fazer mais. Só me falta deixar a preguiça de lado mas também tenho que ouvir o meu corpo.

Rever a roupa de verão para ver se realmente uso tudo - Comecei sim, mas não acabei. Porquê? Acham que este tempo dá para fazer alguma mudança para o armário de verão de vez?

Continuar a ajeitar o jardim - Como um bom a jardineiro! Até bolhas na mão ganhei!

Começar a caminhar diariamente ao fim do dia - Não, nada disto. Cansaço, falta de tempo, e com isso falta de vontade.

Não gastar dinheiro - Correu mais ou menos. Tive uns percalços a meio, mas controlei me bem. Mas acabei à grande e à francesa.

Rever o blogue clube de leitura companhia da tinta - Tomei a decisão mas, não fiz nada ainda.

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

RESUMO ABRIL

Alfabeto literário (3).png

 

Foi um mês comprido foi essa a sensação que tenho. Começou com a Páscoa e aniversários, passou por re decorações, trabalho extra e formação, e acabou em férias. 

 

Tinha alguns planos mas não consegui fazer parte deles, e em parte à custa de trabalho, tive formação durante uma semana e tive trabalho extra. O que atrasou um pouco aquelas coisas todas de hobbys que eu quero fazer, e fazem me bem. No entanto, não foi um mês perdido. FInalmente comprei a secretária, e já re-arranjei o escritório. Está perfeito agora. Só faltava mesmo  o sofá, mas já nem isso me faz muita confusão. 

 

A chuva mostrou a sua graça e humor, principalmente quando chovia nos dias em que estava livre, mas lá consegui durante a semana no dias mais quentes, começar a jardinar a sério. Está a ficar lindo o jardim, os cheiros começam a aparecer levemente e as abelhas já o descobriram.

 

Não deu para fazer aquilo que mais queria do tempo quente, mas também não foi tudo pela falta de tempo e pelo cansaço. A leitura também atrasou-se por várias razões: adormecer com o cansaço, não encontrar os livros que queria, e chegarem atrasados. Pensei que este mês não ia cumprir ao que me compremeti, mas, vou conseguir. As férias salvaram-me!

 

Pintar aguarelas - Pintei mas só no inicio do mês. Ainda no outro dia pensava em como tenho que pegar nos pincéis porque eu adoro aquilo e não quero parar. Mas não dá ter o tempo limitado e fazer tudo. E quando o tempo é curto, as prioridades são blogue e livros.

Acabar plantar jardim -  Ainda não acabou, mas já tenho as sementeiras em ordem, já quase todas com as sementes germinadas. Estou contente porque estou a fazer um trabalho de recuperação de um jardim muito mal tratado durantes décadas.

Imprimir fotos -  Não só falhei como, o telemóvel faleceu e perdi tudo. Ou penso que perdi porque parece que está vivo!!!!

1ª caminhada na praia do ano - Não! Não deu mesmo!

Organizar canto trabalhos manuais/secretária - Comprei e está tão linda ! Ainda me falta ajeitar umas caixas que tenho, organizar a papelada.

Fazer um pic nic - Eu bem que queria , mas não deu. A metereologia não coincidiu com o meu tempo livre.

Voltar as caminhadas de final de tarde - Fiz algumas mas não fiz disso rotina, porque com os dias quentes o que aconteceu foi começar a aproveitar o final de tarde para estar no jardim.

Acordar mais cedo por dia para um momento zen - Não mesmo. Nem me lembrei com o cansaço.

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

RESUMO MARÇO

 

Alfabeto literário (2).png

O início deste mês era como qualquer um, as expectativas eram conseguir fazer o melhor dele. Mas acabou por se tornar de uma forma inesperada, num mês tão bom.

 

O curso de aguarela contou, e em muito, para este sentimento. Há muito tempo que queria fazer um e assim do nada apareceu um, e eu sem medo , atirei-me. Passou rápido, rápido demais mas serviu para o que queria: aprender, mexer e ganhar ainda mais vontade. Perder o medo. Este mês já não posso dizer que não pintei! E como uma coisa vai atrás da outra, tenho andado com bastantes ideias de histórias. 

 

O mês é que com o tempo maravilhoso que esteve, não deu para muito mais. A minha vontade de jardinar é imensa, material não me falta. O que me falta é ter bom tempo quando estou em casa. Queria já ter alguma coisa em crescimento nas sementeiras mas não dá! E tenho tanto que fazer.

 

Foi um mês de experiências também, pela primera vez fiz papas de aveia no forno e adorei. Como a experiência de ir ao ginásio na hora de almoço está de vento em popa. Treino, sem muita gente, com o ginásio quase vazio, e descarto logo essa tarefa na hora de almoço ficando com o fim do dia para mim. Estive quase para desfazer o meu clube de leitura, mas no fim acabei por não fazer isso. Obrigada Ana por me convenceres.

 

Organizar os papéis soltos que se encontrou ao longo da arrumação da casa - Sim! E é impressionante as coisas que se guardam. Tinha faturas de coisa que comprei na Parfois e Zara em 2012.

Doar livros - Tenho os livros separados. E já sei que associações os vão receber. Só me falta entregar.

Plantar o meu jardim com flores e aromáticas - Bem nem o Hugo, nem a Emma nem o Felix ajudaram muito não é? Eu bem que tinha muita vontade.

Ir ao ginásio de manhã - Alterei o horário mas esta meta foi cumprida, vários dias da semana, à hora do almoço.

Alterar a medicação de ansiedade - Infelizmente ainda vou ter que esperar para cumprir este ponto. Doctor's orders.Mas com tempo.

Cozinhar mais comida saudável  e low carb - Experimentei papas de aveia e adorei. E ando bem inspirada!

Escrever um conto - Falhei redondamente. Ando a portar-me mal nesta área.

 

ULTIMO VÍCIO: Star Trek The Next Generation no Netflix, e Stephen King no Youtube

FILME: "Annihilation"

O QUE MAIS ME EMPOLGA EM ABRIL: O bom tempo e férias que só chegam bem lá no fim. 

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

 


BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis