Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Daily Miacis

Dos projetos bonzões | Sensitea

Viana  é uma cidade que pode não ter muito, mas há uma coisa que tem para dar e vender: pessoas com bom gosto e resiliência. Não é coisa fácil abrir negócios de porta aberta em Viana. Para além de imensa burocracia, como preços exurbitantes, existe o zum zum zum do diz que diz, e as ruelas vazias em 75% do ano.

Por isso Viana transforma-se numa cidade com pouca variedade de negócio diferente, ronda quase tudo o artesanal todo virado para os desenhos de Viana, e pouco mais. Temos algumas lojas de roupa, quase todas do mesmo género e sapatarias. Lojas diferentes é raro. Mas de vez em quando aparece alguém, com boas ideias. Uma foi a Conto de Fadas, que é um conto de fadas literalmente aquela loja. E agora apareceu-me uma loja, que poderia dizer que era o sonho de um negócio criado por mim. Quem me conhece sabe que sou uma fanática por ervas e curiosa por terapeutica medicinal tradicional. E por isso, uma loja a vender chá como deve ser, de boa qualidade a granel, é um sonho.

20294376_120831621871790_3215410634168126401_n.jpg

 

Sensiteas, é o projeto de que vos falo. Temos uma loja cheias de frascos dourados, em cada um dele esconde um tipo de chá, cada um melhor que o outro. Temos petunia roxa, temos a tradicional camomila, lucia lima, temos botoes de rosa, temos o chá verde japones de 3 anos e de 5 anos. temos o chá verde chinês, temos marrakesh mint, temos infusões para a concentração, para a ansiedade, para a digestão. Temos chá ceylon, english breakfeast. 

Mas a maravilha desta loja não se fica por chás, temos todos os apetrechos ligados ao chá como bules, frascos para guardar o chá. Temos sabonetes artesanais feitos com as ervas biológicas. Temos vários tipos de especiarias também vendidas a granel.

Tudo isto aliado a quem vos sabe explicar o porque daquele chá, daquele sabor, de como foi colhido e manipulado, e como isso contribuiu para as sua qualidades.

Nem sei mais que vos possa dizer. Para mim entro naquela loja e dá me vontade de experimentar tudo e levar tudo comigo.

 

Sinceramente,

20099812_ua1Qu.png

 

Na minha prateleira

Gosto de ler. E gosto de comprar livros. Sou daquelas pessoas que ainda não cedeu aos livros digitais: eu gosto mesmo é de sentir o cheiro a livro novo ou velho, de tocar nas folhas e ter que por vezes ver quantas seguidas estou a passar ou mesmo cortar os dedos, de ter cuidado para não estragar a capa mas mesmo assim há sempre uma pontinha que não resiste. 

Esta é das minhas alturas favoritas na minha querida Viana do Castelo, porque o jardim municipal que eu chamo "Estradinha do Céu" enche-se de vida (quando era pequena olhava para cima e as árvores que ainda estavam a crescer deixavam entre elas um caminho azul, daí estradinha do céu). Começou no dia 8 de Julho a feira do livro, a feira que me deixa louca e deixou muitos loucos pelo Chewie,, e pouco depois começa a feira de artesanato cheia de roupa e objetos cheios dos padrões tradicionais de Viana. 

Este ano foi a primeira vez que fui no primeiro dia de feira. Ia entusiasmada a pensar " É o primeiro dia, vou arranjar bons títulos a bons preços". Enganei-me. Encontrei bons negócios sim, mas não foi daquelas feira em que tive de decidir que livros levar porque não podia levar tudo de todas as tendas. Mas nem tudo é mau porque é bom para o coração não ter que decidir, e para a minha carteira, óbvio.

Antes de tudo tenho que vos perguntar o seguinte: sou só eu que acha que nas feiras do livro as livrarias de livros novos e actuais, os preços não são assim nada por aí além? É que tirando um "Astérix e Cleópatra" original que comprei a 1 euro, e " A pintora de plantas" por 5 euros, nunca vi preços nada por aí além. Aliás, queria a colectânea do "Calvin & Hobbes" e em inglês pediam me mais dinheiro do que tem no Book Depository.

Eu vou principalmente às feiras por causa dos alfarrabistas. Gosto do desafio de ver todos aqueles titulos misturados e ter que procurar por titulos que me chamem a atenção ou titulos que procuro especificamente como ando a procurar o Sandokan. Sou aquela pessoa que gosta da capa dos livros, e se encontrar um livro repetido com uma edição linda eu compro porque não resisto a uma coisa linda. 

 

Este ano as minhas compras foram todas no mesmo alfarrabista, excepto o livro que comprei para a Heidiland, que depois de dois anos, encontrei novamente à venda. 

Comprei uma edição do "D. Quixote". Agora não tenho desculpas para dizer que ainda não foi este ano que li o D. Quixote. Adivinham por quanto comprei? 6 euros. Apesar de ter um papel a indicar o preço dos livros naquela estante, fui perguntar ao responsável porque não acreditava que esta edição estava a 3 euros o volume. Está em perfeitas condições. Só me falta agora arranjar coragem, porque quando acabar o "Dune" que estou a ler de momento vou ler um livro pequeno.

IMG_3349.JPG

 Depois de ter dado uma volta à feira, dita a regra que tem de se voltar para trás e dar uma segunda volta. E foi assim que decidi comprar este conjunto de clássicos infantis. Eu sou uma fanática por clássicos infanto-juvenil. Por isso esta colecção, com cada volume a dois euros, facilmente me convenveu a abrir os cordões à bolsa. 

IMG_3352.JPG

 Sinceramente,

Assinatura.png

Festas da Senhora da Agonia 2015

No rescaldo das festas da Senhora da Agonia, a cidade foi limpa pelo mau tempo. A cidade que nestes dias encheu-se de gente, cor e música, mas também muito lixo, foi limpa pela chuva que teimou em vir e ficar. A chuva prejudicou algumas actividades como a procissão de terra, mas ainda assim houve a famosa serenata de fogo de artifício, que termina sempre com a frase "Viana é Amor" na ponte Eiffel. Acabei as festas cansada, mas sempre com um sorriso na cara independentemente do que tenha corrido mal.

Este ano em teoria a organização ia ser mais exigente no que toca a rigor no trajar. Na mordomia, obrigaram a levar fotos, telefonaram a dizer o que estava mal trajado, foi sempre colocada a questão do ouro, nada de "babete", de forma a que os cordões e colares saíssem sempre do pescoço (que é o sitio de qualquer colar!). Depois no cortejo também houve alguma complicação, embora mais leve. No dia da mordomia, limparam maquilhagem ajeitarem aventais, mas ainda assim havia o famoso verniz de gel que é uma coisa muito tradicional, havia o rimel ou mesmo a pestana postiça, havia o risco no olho. Mas pior ainda é mesmo no cortejo, as misturas de trajes tradicionais que para mim é uma abominação do valor etnográfico do traje vianense. Na mordomia, ouvi uma senhora da organização a dizer " mas que estamos nós aqui a fazer aqui se vocês não obedecem?" sendo que colocou esta questão porque só queriam algumas pessoas a ouvir o presidente da câmara. Mas a organização que sei que têm muito trabalho e tem que se louvar esse trabalho, tem que pensar no valor da tradição que é o cerne desta festa.E eu penso se uma formasimples: está mal não vai.

Mas tirando estas questões que eu considero todos os anos, e já nem ligo porque, é perca de tempo para mim (mas eu sou assim um pouco para o ranhosa) a festa é sempre boa, é sempre linda e é sempre alegria. As mulher vianenses que têm uma beleza única, cheias de brio, chieira e orgulho, desfilam pela cidade, seja no cortejo ou seja fora. É tempo de celebrar com os amigos e amizade, é tempo de celebrar os laços que ficam doirados com a festa. É tempo de festejar com a família que pode tomar várias formas. Muitos bombos, muitas gaitas e acordões, muitos ranchos e danças, muitas saias rodadas, muitos lenços, muito ouro, muito rir e celebração. Este ano para além da mordoma de festa do cartaz que era linda e simpática, tivemos como participante da festa a atriz e realizadora Melânia Gomes, que viveu em Viana alguns anos e veio revelar o seu lado vianense, também muito simpática!

Aqui deixo várias fotos, muitas comigo e com a Fairystyle, da mordomia e do cortejo. E caso tenham visto as reportagens da TVI eu apareci nas duas: tanto do cortejo como da mordomia (eu tenho que me gabar ehehehe).

DSC_0009 DSC_0041 DSC_0056_1 DSC_0561_1 DSC_0564_1 DSC_0593_1 DSC_0606_1 DSC_0611_1 DSC_0619_1 DSC_0650_1 DSC_0685_1 DSC_0707_1 DSC_0710_1 DSC_0733_1 DSC_0736_1 DSC_0771_1 DSC_0774_1 DSC_0805_1 DSC_0812_1 DSC_0852_1 DSC_0859_1 DSC_0860_1 DSC_0866_1 DSC_0889_1 DSC_0908_1 DSC_0927_1 DSC_0985_1DSC_0016_1E não podia faltar a foto do pézinho e a meiazinha! Para o ano que venham mais! E voltarei em Setembro nos esquemas normais do blog.Sinceramente,Sofia G.Imagens: da minha autoria, excepto as imagens marcadas, por isso caso queiram alguma imagem por favor, peçam antes, respeitando assim os direitos de autor.

Trajes de Viana do Castelo: Viana é Amor

Viana é amor, e a Romaria é a melhor forma de celebração da cidade. Como a nossa vereadora da cultura, disse muito bem na entrevista à RTP, toda a comunidade participa, de uma forma ou de outra, nem que seja para criar caos. Mas neste mês, a cidade não é a mesma. As mulheres gostam de ostentar o ouro, e a sua beleza natural. O sorriso está nas nossas caras, e o dourado e vermelho e azul, comanda a vida. As ruas estão coloridas com as cores da cidade, com lenços e chinelas. O céu está colorido com os foguetes. No ar paira sempre a qualquer momento a voz da Amália a cantar "Havemos de ir a Viana". E há sempre alguém a dançar o vira. A cidade é festa, a cidade é amor.

IMG_1016

Depois de ter falado dos trajes (aqui e aqui), vê-se que todos gostam da tradição e gostam de a manter viva. Está no nosso sangue, e de geração em geração, vai se mantendo, com novas introdução e novas repescagens.  Com o post dos trajes, parece que é muito que ter em conta e muito que ter cuidado. Primeiro, sim para uma pessoa estar bem trajada, como manda a tradição tem que se respeitar várias regras. Mas isso não há nada como pesquisar e tentar saber. Mas no fundo... o que interessa no fundo de tudo é: viver a festa, e viver a romaria. E é por isso que Agosto é o mês de ouro em Viana do Castelo. Todos somos Viana, todos somos amor!

Deixo aqui algumas fotos do que se vai passando, e abrir o apetite para quem quiser passar por cá!

IMG_1161 IMG_1084 IMG_0765 IMG_1126 IMG_0480 IMG_1168 IMG_1121 IMG_0716 IMG_0780 IMG_0506 IMG_1028 IMG_0393 260471_495420757153022_1121090172_n IMG_2949 IMG_0992 IMG_2950 IMG_0309 IMG_0260 IMG_0994 IMG_0114 DSC_0237 IMG_0148 IMG_0843 IMG_0199 DSC_0246 IMG_0849 DSC_0536 IMG_0157 IMG_1005 IMG_1002 Para a semana vem outra sessão de fotos mas já deste ano! :D E não vos chateio mais com isto.. até ao ano! :PSinceramente,Sofia G.Imagens: da minha autoria, excepto as imagens marcadas, por isso caso queiram alguma imagem por favor, peçam antes, respeitando assim os direitos de autor.

BLOGGER
Sou a Sofia Gonçalves. 29 anos. Curiosa sem fim, exploradora de livros, advogada de boa comida, gestora de estados ansioliticos, caçadora de sonhos, escriba escrava da palavras da minha cabeça, pajem dos meus animais.

thedailymiacis@gmail.com

@thedailymiacis

Mais sobre mim

foto do autor


BLOG ON FACEBOOK
Clube Companhia da Tinta's currently-reading book montage
Clube Companhia da Tinta 25 members
As várias vidas que vivemos pelos livros que lemos, é o que nos leva a participar neste clube. Ler bem e bem ler. Blog: https://companhiadatinta.blogs.sapo.pt/ Grupo Facebook: https://www.facebook.com/groups/1183466295088711/?source=create_flow

Books we're currently reading

A Senhora da Magia A Senhora da Magia
by Marion Zimmer Bradley
Start date: March 1, 2018

1984 1984
by George Orwell
Start date: March 1, 2018



View this group on Goodreads »

Some blog design Written by Joana

Copyright © The Daily Miacis